Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
SUSPEITO IDENTIFICADO

Suspeito de matar dono de hamburgueria em 2019 é identificado pela polícia

Helison Perdigão, 27, conhecido como ‘Mil Grau’, é principal suspeito do latrocínio que tirou a vida de Leonardo da Silva Souza, à época com 25 anos. Crime aconteceu no dia 4 de abril de 2019, na Zona Leste de Manaus



14/01/2020 às 19:09

A Polícia Civil do Amazonas está à procura de Helison de Araújo Perdigão, de 27 anos, vulgo ‘Mil Grau’. Segundo a polícia, ele é o principal suspeito de ter matado o dono de uma hamburgueria, identificado como Leonardo da Silva Souza, de 25 anos. O latrocínio aconteceu no dia 4 de abril do ano passado, na avenida Batrum, bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus.

Na ocasião, de acordo com familiares da vítima, o expediente já estava chegando ao final, quando Leonardo e seus funcionários, durante pausa para um lanche, foram surpreendidos pelo suspeito, que pediu um sanduíche.



"Eles [funcionários] ainda disseram que já estava fechado, mas o Leonardo [vítima] pediu para que preparassem um sanduíche para ele [suspeito], porque ele havia dito que tinha acabado de chegar do trabalho e estava com fome", disse a mãe da vítima.


Foto: Divulgação

Depois de ter preparado o lanche, um dos trabalhadores do local foi até a porta para entregar o pedido. Nesse momento, segundo a família, o suspeito anunciou o assalto e pegou alguns celulares dos funcionários. Na hora em que estava se preparando para fugir, o dono da lanchonete resolveu interceptá-lo, atacando-o por trás. Durante a luta corporal entre a vítima e o suspeito, Leonardo foi atingido por três disparos de arma de fogo.

"Eu penso que ele só reagiu porque, com certeza, viu uma viatura da polícia chegando, como mostra na câmera de segurança do local", acrescentou a mãe.

Nas filmagens do circuito de câmeras é possível perceber o momento em que o suspeito vai em direção ao estabelecimento, utilizando boné e sandálias; segundos depois, ele reaparece correndo da cena do crime, sendo perseguido por uma viatura da Polícia Militar.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) - para onde são encaminhados os casos de latrocínio -, delegado Aldeney Goes Alves, o suspeito já possui, além do latrocínio, outra passagem por tráfico de drogas. A polícia civil realiza diligências para que seja cumprido o mandado de prisão, que se encontra em aberto.


Foto: Winnetou Almeida

Além de Helison, durante as investigações, uma mulher também foi apontada como participante do crime

"Os dois foram denunciados por esse crime. A gente tem todo um trabalho relacionado a esse tipo de delito, que é gravíssimo, porque além de atingir o patrimônio da pessoa, ele também tira uma das coisas mais importantes que é a vida. A polícia tem feito um trabalho bom relacionado a isso. O problema é que têm detalhes que as pessoas se esquecem de vir aqui na delegacia e nos ajudar. A gente precisa quebrar essa desconfiança. As pessoas têm que saber que elas podem ir à delegacia... podem narrar os fatos. Além disso, também existe nosso disk-denúncia, onde é possível fazer denúncias de forma anônima", esclareceu o titular.

O delegado pede para que, quem tiver informações a respeito de Helison de Araújo Perdigão, possa entrar em contato com os números (92) 99962-2187 e 181. A identidade do denunciante será resguardada, segundo a autoridade policial.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.