Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
HOMICÍDIO Na Zona Norte

Suspeito de matar homem que empinava 'papagaio' com o filho é preso

Fabrício Marinho Rodrigues foi morto com vários tiros na frente do filho no bairro Lago Azul



preso_1293CADF-E945-4F1C-B060-34180DE4F1E2.JPG Suspeito do crime Paulo Henrique Rodrigues da Silva, 22, durante apresentação à imprensa. Foto: Jair Araújo
20/08/2019 às 10:37

Paulo Henrique Rodrigues da Silva, de 22 anos, conhecido como "Galerinha", foi preso apontado pela polícia como segundo suspeito de ter assassinado Fabrício Marinho Rodrigues, 34 anos, no dia 8 de julho na Comunidade Parque Santa Etelvina, bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus. Um dos suspeitos, Arnaldo Maik dos Santos Melo de Oliveira, 25 anos, foi preso dez dias depois do crime. A vítima empinava pipa com seu filho antes de ser morta.

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, Fabrício foi morto por uma dívida com Arnaldo. Ele teria recebido um revólver calibre 38 para cometer crimes, mas a vítima teve a arma apreendida pela polícia em uma abordagem. Arnaldo então cobrou que Fabrício pagasse o objeto. Um dos suspeitos do crime ainda fez a proposta para que a vítima executasse crimes para pagar a dívida, mas Fabrício não aceitou.

No dia 8 de julho, Arnaldo, Paulo Henrique e mais outro suspeito, em um carro vermelho, foram até a rua G, da Comunidade Parque Santa Etelvina. Quando chegaram no local, encontraram a vítima empinando pipa com o filho. Um dos suspeitos empurrou a criança e o trio atirou várias vezes, sendo Fabrício alvejado nove. Toda a ação foi registrada por câmeras de segurança.

A vítima ainda foi socorrida e levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Fabrício possuía um mandado de prisão em aberto por homicídio.

Prisões

Dez dias depois do crime, o primeiro suspeito, identificado como Arnaldo, foi preso na Rua G, no bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele confessou que matou por conta da dívida do revólver e vai responder por homicídio qualificado. Ele foi encaminhado pra o Centro de Detenção Provisória (CDPM), localizado no KM 8 da BR-174.

No dia 9 de agosto, a polícia, já com o mandado de prisão temporária, prendeu Paulo Henrique na própria residência dele, localizada na na Rua Bagé, também no bairro Redenção. Ele também vai responder por homicídio qualificado e vai para o CDPM.

Um outro suspeito, que participou do crime, está sendo procurado pela polícia. Segundo o delegado, os três têm envolvimento com o tráfico de drogas.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.