Publicidade
Manaus
Manaus

Suspeito de traficar drogas enquanto cumpria prisão domiciliar é reconduzido à cadeia

O suspeito era monitorado por uma tornozeleira eletrônica e foi encontrado com outras três pessoas, entre elas, a esposa grávida de oito meses 14/01/2015 às 16:37
Show 1
Fábio (de bermuda azul) foi preso junto com a esposa, grávida de oito meses
Kelly Melo Manaus (AM)

Supostamente integrante da facção criminosa “Família do Norte” (FDN) e cumprindo prisão domiciliar, o traficante Fábio Queiroz Ferreira, conhecido como “Olho de boneca” ou “Fabão” foi flagrado, na tarde desta quarta-feira (14), com droga e armas, no bairro São Jorge, na Zona Oeste. O suspeito era monitorado por uma tornozeleira eletrônica e foi encontrado com outras três pessoas, entre elas, a esposa grávida de oito meses.

Os policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) informaram que eles chegaram aos suspeitos através de denúncias anônimas. Fábio, a esposa dele, Larissa dos Reis Pontes, a sogra Dalva Gomes dos Reis, e o comparsa Alessandro Andrade dos Santos, foram encontrados em uma casa na rua Jardim Botânico, no São Jorge, por volta das 13h30.

Eles não resistiram a abordagem dos policiais, que após realizarem buscas pela casa encontraram cerca meio quilo de cocaína, que estava escondida em vários pontos da residência, duas pistolas, sendo uma PT 40 e uma PT 380,  e mais de R$ 4,7 mil em dinheiro e cheque.

Segundo a polícia, mesmo cumprindo prisão domiciliar, o suspeito vinha atuando no comércio de drogas. “Já tínhamos recebido denúncias contra ele. Hoje, a Rocam conseguiu fazer o flagrante”, afirmou o delegado titular do 21º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Elcy Barroso, que destacou que o suspeito estava em prisão domiciliar.

Fábio já responde a dois processos de tráfico na Justiça Estadual e tinha sido preso preventivamente por conta disso. Por ter uma doença grave, comprovada nos autos através de laudo médico, foi-lhe concedido permanecer em prisão domiciliar, mediante monitoramento eletrônico.

Publicidade
Publicidade