Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
Manaus

Suspeito em homicídio de professor em janeiro é preso e nega participação, mas diz motivo

Victor Nascimento de Souza e mais duas pessoas teriam pego carona com o professor Wladimir Uchoa, na Zona Leste. Assassinato foi após suposta investida sexual por parte da vítima, mas Victor diz que não foi ele quem matou



1.jpg Com 20 anos e detido na DEHS, Victor terá que explicar como a execução aconteceu e qual seu papel no incidente
09/04/2015 às 10:50

O titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Ivo Martins, apresentou na manhã desta quinta-feira (9) Victor Nascimento de Souza, de 20 anos, um dos suspeitos de participar no assassinato do professor Wladimir Uchoa Lima, 34, ocorrida na madrugada do dia 26 de janeiro deste ano.

O corpo do docente foi encontrado por moradores na rua Jerusalém do bairro Mauazinho, na Zona Leste da cidade, dois dias depois do crime, dentro do próprio carro - um Fiat Uno, de cor preta e placas NOZ-1930. Wladimir foi morto por estrangulamento, no qual a arma usada foi a própria capa do assento do veículo. 



De acordo com o delegado da DEHS, Victor e mais dois homens, um deles identificado apenas como "Julianderson" e o outro um adolescente de 17 anos, cometeram o crime juntos. Em depoimento na delegacia, o suspeito nega participação no homicídio.

Motivação

Ainda segundo Martins, a vítima teria saído de uma casa de show no bairro Novo Aleixo e, ao passar na bola do Produtor, no Jorge Teixeira, também na Zona Leste, teria dado carona para o trio. "Eles pararam em uma loja de conveniência de um posto de gasolina na avenida Grande Circular, beberam e, em seguida, o professor teria passado a mão um dos deles, que não teria gostado e por isso resolveu matá-lo", explicou Martins.

À imprensa, Victor confirmou a história e disse que quem executou o professor foi o adolescente e Julianderson, que já está preso por roubo, recolhido na cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa. no Centro. 

"Eu não participei disso. O professor deu carona para nós e no caminho teria passado a mão no nosso colega, que não gostou e o matou", confirmou o suspeito. A DEHS irá intimar o adolescente a prestar depoimento e, em seguida, será encaminhado a Deaai, no bairro Alvorada.


Mais de Acritica.com

29 Mai
prefeito12_26292F4F-D649-4511-BAF2-A986AFAB9861.JPG

Maués decide prorrogar isolamento e observa ritmo de contágio em Manaus

29/05/2020 às 13:47

De acordo com o prefeito Junior Leite, o ritmo de contágio durante os primeiros dias flexibilização em Manaus, que incia na próxima segunda (1), vai servir de espelho para avaliar o impacto da reabertura no município. Até ontem (28), Maués havia registrado 668 casos confirmados de covid-19, sendo 28 mortes pela doença


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.