Sábado, 17 de Agosto de 2019
VENDAS

Tarumã foi o bairro mais concorrido por quem comprou imóvel em agosto

Ainda segundo o levantamento, os imóveis de padrão econômico foram os que registraram o maior número de vendas brutas, com 88 unidades vendidas



664350697.jpg
27/09/2017 às 15:00

O bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, foi o favorito na escolha de quem adquiriu um novo imóvel no mês de agosto. De acordo com os dados divulgados pela Pesquisa do Mercado Imobiliário Agosto / 2017, encomendada pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (ADEMI-AM), em agosto foram comercializadas 198 unidades habitacionais, sendo 18% deste total (35 unidades) no bairro Tarumã.

“Esse dado mostra que muitas pessoas estão adquirindo imóveis pela primeira vez e optam pelo padrão econômico. As incorporadoras têm muitas ofertas interessantes e com uma boa flexibilização de pagamento naquela área, o que estimula ainda mais o consumidor”, afirmou o presidente da ADEMI-AM e empresário, Romero Reis. O Valor Geral de Vendas (VGV) em agosto foi de quase R$ 80 milhões.

Ainda segundo o levantamento, os imóveis de padrão econômico foram os que registraram o maior número de vendas brutas, com 88 unidades vendidas. Logo abaixo estão os imóveis de padrão médio, com 64 unidades comercializadas.

Outro destaque da pesquisa é em relação à tipologia dos imóveis vendidos. A que obteve maior venda no mês de agosto nos empreendimentos verticais residenciais foi a de 2 dormitórios com 113 unidades vendidas, ou seja, 57% das vendas totais. Na avaliação do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (SINDUSCON-AM), Frank Souza, essa tipologia lidera as vendas porque a maior oferta de unidades está dentro do Padrão Econômico. 

"Tradicionalmente, os imóveis de dois quartos vendem melhor na região de Manaus. Esse tipo de imóvel se adéqua às famílias que estão começando, ou seja, que têm um número menor de pessoas. As pessoas que procuram imóveis de três quartos ou mais já têm uma família maior e, normalmente, já estão trocando de um imóvel menor para um maior”, explicou.            

Em relação às vendas dos empreendimentos residenciais verticais por metro privativo, o que obteve maior destaque no mês de agosto foi a metragem de até 50 metros quadrados, com 78 unidades vendidas, ou seja, 39% do total das vendas. Já nos empreendimentos comerciais, as metragens privativas que se destacaram com maior número de vendas foram as de 41 a 50 metros quadrados, com 4 unidades vendidas, e a metragem acima de 51 a 60 metros quadrados, com 2 unidades vendidas.  Ao todo, foram vendidas sete salas comerciais em agosto.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.