Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Manaus

Táxis ‘ilegais’ apreendidos durante fiscalização

Táxis lotação e veículos de frete circulavam sem autorização pela região Central de Manaus e foram para o parqueamento



1.jpg Na região da feira Manaus Moderna fiscalização abordou 20 carros-fretes e dois deles estavam operando sem autorização dos órgãos da Prefeitura de Manaus
09/10/2013 às 07:20

Oito táxis lotação e dois carros-frete irregulares foram apreendidos pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) na manhã dessa terça-feira (8) durante uma fiscalização no Centro da cidade.

O objetivo da fiscalização, de acordo com a SMTU, é prevenir e reprimir atividades clandestinas de transporte coletivo de passageiros também na região central de Manaus. Além disso, o órgão recebe diariamente, em média, 10 denúncias de transportes irregulares.

A fiscalização iniciou às 6h30 na área da Manaus Moderna. No local, 20 carros-frete foram abordados pela equipe de fiscalização da SMTU. Dois deles foram apreendidos e recolhidos pelo guincho do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) ao parqueamento municipal.

Os veículos abordados pelos fiscais não tinham autorização do órgão para transportar cargas e circulavam com placas de categoria particular.

Segundo a SMTU, o veículo usado para frete deve circular com placas vermelhas, que são as placas de aluguel e devem ser solicitadas no órgão.

A fiscalização também ocorreu na área da praça do Relógio Municipal. No local, fiscais da SMTU abordaram 50 táxis lotação. Desse total, oito foram apreendidos pelos fiscais da SMTU e também levados ao parqueamento municipal.

Os veículos apreendidos são classificados como transporte clandestino por não possuir autorização de uso obrigatório para exercer a função. Em alguns deles, os motoristas não possuíam o chamado ‘carteirão’ que identifica o condutor como permissionário.

Outros táxis ‘piratas’ apreendidos durante a fiscalização da SMTU foram flagrados transportando irregularmente passageiros vindos dos Municípios de Manacapuru e Novo Airão. Além disso, os veículos não tinham nenhum tipo de autorização para transporte de passageiros em qualquer localidade.

Os veículos serão liberados do parqueamento municipal somente mediante o pagamento das multas, de acordo com a infração cometida, além do pagamento do transporte do guincho e da diária no parqueamento. A SMTU garantiu que a fiscalização será realizada com frequência, como forma de coibir a prática irregular e atuação será em pontos diferentes da cidade.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.