Sábado, 20 de Julho de 2019
PROTESTO

Taxistas fazem manifestação em frente a CMM e pedem fim da ilegalidade

A manifestação do grupo é em apoio ao dia D de Mobilização Nacional da categoria, que pede a regularização do transporte de aplicativos e o fim da ilegalidade



00.jpg (Foto: Geizyara Brandão)
19/09/2017 às 10:30

Taxistas da capital realizaram na manhã desta terça-feira (19), em frente a Câmara Municipal de Manaus (CMM), protesto para reivindicar a regularização de aplicativos de transporte como o UBER e o fim da ilegalidade. A manifestação do grupo é em apoio ao dia D de Mobilização Nacional da categoria.

O presidente do Sindicato dos Taxistas (Sindtaxi), Luiz Aguiar, afirmou que a categoria foi convocada para protestar, diferente do movimento nacional, em Manaus os taxistas não pararam de prestar os serviços para a população. "Pedi à toda categoria que ao invés de fazermos a manifestação na rua viéssemos para a Casa do Povo, porque aqui que eles vão regulamentar", explicou.

Alguns vereadores saíram do plenário para discursar aos taxistas. O vereador Sassá da Construção Civil (PT) foi enfático ao criticar o aplicativo de transporte remunerado. "Eu vejo que é uma bandidagem muito grande e ainda tem vereador que diz que é correto", afirmou.

Taxista há três anos, Paulo César Cardoso ressaltou que a categoria contribui R$ 3 milhões por ano para a Prefeitura de Manaus e não tem o devido retorno.

O vereador Bessa (PHS) explicou que o Projeto de Lei da Câmara 028/2017, que regulamenta o transporte por aplicativo. "Foi debatido no Congresso Nacional e na Câmara Federal. Foi aprovada na Câmara em favor dos taxistas e transformando o transporte por aplicativo em transporte público e dando outras diretrizes como o valor uniforme", esclareceu.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.