Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
TRANSPORTE COLETIVO

Taxistas realizam corridas gratuitas para divulgar sistema de táxi compartilhado

Ação tem início pela parte da manhã desta quarta (30), com saída do bairro Petrópolis em direção ao Centro, passando pelo São Francisco, Cachoeirinha e Praça 14 de Janeiro



show_taxi.jpg Taxistas propõem valores mais baixos no sistema de viagem compartilhada (Foto: Divulgação)
29/08/2017 às 20:46

Diversos taxistas realizam nesta quarta-feira (30) um dia de corridas gratuitas como forma de protesto e divulgação do novo sistema de 'Taxi Compartilhado'. A previsão é de que a atividade tenha início por volta das 7h, no bairro Petrópolis, zona sul de Manaus, e siga em direção ao Centro, passando pelos bairros São Francisco, Cachoeirinha e Praça 14 de Janeiro.

De acordo com um dos integrantes do projeto, o taxista Ulysses Bruno Pinheiro de Souza, a ideia para a ação surgiu após a classe perceber uma perda significativa no número de usuário após a implantação de sua maior concorrência na capital amazonense: a Uber.



"Será um movimento ordeiro e pacífico. Não vamos causar transtorno no trânsito, queremos apenas levar uma mensagem à população e ao poder público para que voltem a olhar para nossa classe, que vem definhando e perdendo sua reputação, com respeito e carinho", comentou Ulysses Bruno.

Segundo o taxista, a ação foi a única maneira encontrada pela classe para recuperar a sua popularidade com os antigos clientes.

"Como em uma carreata, vamos partir do Petrópolis e ir até o Centro, para depois voltar ao ponto de partida. No caminho, vamos parando nas paradas de ônibus oferecendo uma corrida gratuita e compartilhada com outros passageiros. Qualquer um pode participar, basta subir no veículo", concluiu ele.

Projeto

Com uma queda de 90% no faturamento após a implantação do aplicativo Uber na capital, taxistas de Manaus resolveram devolver o baque com o lançamento do novo sistema de táxi compartilhado. O serviço foi lançado nesta semana, e em poucas horas, conta com 500 taxistas fazendo parte do grupo. Além disso, a categoria aposta em um aplicativo de celular que oferece 25% de desconto nas viagens, o “Sete Táxi”. Os trabalhadores afirmam que as ideias têm o objetivo de “resgatar” os passageiros e sobreviver no mercado.

As duas novidades foram anunciadas pela União dos Taxistas de Manaus (UTM) e motivadas principalmente pela diminuição no ganho dos taxistas. Segundo eles, a média de lucro obtida pelos trabalhadores chega a R$ 80 atualmente, valor considerado baixo, tendo em vista que, antes da Uber, cada trabalhador chegava a faturar R$ 300 por dia. Prova disso é que eles afirmam que 30% da frota de táxi está parada por falta de passageiros.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.