Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Manaus

Técnica de enfermagem é morta a tiros na Zona Norte de Manaus

Segundo a irmã da vítima, os suspeitos não anunciaram o assalto e já chegaram atirando contra Viviane. Tanto a mãe quanto a irmã não foram atingidas pelos disparos



1.jpg Um motorista que passava pelo local prestou socorro à vítima, mas a mesma morreu ao dar entrada no Hospital da Unimed
06/06/2013 às 13:39

Na manhã desta quinta-feira (23), a técnica de enfermagem do Hospital Unimed, Viviane Castro, 35, foi atingida com cerca de quatro tiros enquanto dirigia o seu veículo na avenida Timbiras, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, próximo do Posto Netão. Ela chegou a ser socorrida por um motorista que passava na área, mas morreu ao dar entrada no hospital.

De acordo com a polícia, a técnica de enfermagem dirigia o carro, modelo Prima, de cor preta e placas OAF-1486, e estava acompanhada pela mãe e irmã, quando foi abordada por uma dupla em uma motocicleta que atirou cerca de quatro tiros contra Viviane. Segundo a irmã da vítima, os suspeitos não anunciaram o assalto e já chegaram atirando. Tanto a mãe quanto a irmã não foram atingidas pelos disparos.




Um motorista que passava pelo local prestou socorro à vítima, mas ela morreu ao dar entrada no Hospital da Unimed, que fica localizado dentro do Centro Universitário  Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com a colega de trabalho e médica Silvana Lima, a morte da técnica de enfermagem abalou os colegas de trabalho que viam na vítima uma pessoa reservada e excelente profissional.

“Ela não tinha problemas com ninguém no trabalho, não sabemos por que fizeram isso. Ainda tentamos ajudá-la de todas as formas, mas infelizmente, ela faleceu porque perdeu muito sangue”, declarou a médica.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o caso.

Escapou da morte em 2012

A técnica de enfermagem sofreu um atentado no dia 8 de junho do ano passado, quando também dirigia o veículo, modelo Prisma, na avenida Timbiras, e foi atingida por um tiro no pescoço, ao ser abordada por dois homens em uma motocicleta depois de parar no semáforo.

Na ocasião, a vítima também foi socorrida e conseguiu sobreviver. O caso foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e a polícia investigava o crime como uma tentativa de assalto e tentativa de homicídio a mando do ex-marido que não aceitava a separação na época.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.