Publicidade
Manaus
Manaus

‘Tem resistido’ afirma irmã de empresária ferida em acidente grave com 4 veículos em Manaus

Acidente ocorreu na quinta-feira (23). Carreta perdeu controle da direção e atingiu três veículos na Zona Leste. Déborah Rubim segue na UTI do HPS João Lúcio 05/06/2015 às 14:11
Show 1
Déborah segue internada em estado grave na UTI do HPS João Lúcio, na Zona Leste
OSWALDO NETO Manaus (AM)

O estado de saúde da empresária Déborah Rubim Freitas, 34, vítima de um acidente que envolveu outros três veículos na última quinta-feira (23), na avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, ainda é considerado grave pelos médicos. Segundo familiares, Déborah continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Hospital e Pronto Socorro João Lúcio. “Ela tem resistido”, disse a irmã, Tayana Rubim Freitas.

Segundo Tayana, a irmã segue internada na UTI desde quinta-feira respirando com a ajuda de aparelhos. Ela conta que os médicos consideram o quadro de Déborah grave. “A boa notícia é que ela tem resistido. O trauma foi muito grande, mas temos uma esperança enorme”, disse ela.

Na última sexta-feira, Déborah passou por cinco procedimentos cirúrgicos: para reconstruções da bacia e de tecido da pele, além de procedimentos no abdômen, quadril e nas pernas.

Déborah foi a única vítima que saiu gravemente ferida da colisão entre três carros e um caminhão semirreboque SR Randon, de placa AOH-3331. A empresária dirigia um automóvel Honda Civic, de placa NOZ-4401, e foi conduzida inconsciente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), logo após o acidente, para o hospital. Os outros condutores dos três veículos passam bem.

Conforme a irmã da vítima, o estado de saúde de Déborah também não permite que ela seja transferida para outro hospital. “Ela está numa situação que você tirar de onde ela está é arriscado. Nós pretendemos transferi-la quando for seguro, mas ela vem sendo bem acompanhada até agora”, informou.

Tayana ainda contou que, conforme boletim médico emitido pela unidade de saúde neste domingo (26), Déborah será avaliada por outra equipe de médicos, entre eles um nefrologista e um ortopedista. 

Laudo

Na última sexta-feira, a assessoria da Polícia Civil informou que o laudo das causas do acidente deve ficar pronto no prazo de 30 dias. O condutor da carreta que atingiu os três veículos de passeio responderá pelo crime de lesão corporal culposa. A reportagem tentou contato com a PC na tarde deste domingo para saber se o condutor prestou depoimento, mas as ligações não foram atendidas.

“No momento do acidente ele (condutor) disse que ia prestar assistência, e realmente ele fez isso na hora. Meu cunhado registrou boletim de ocorrência, só que o nosso foco agora é só na saúde da Déborah, depois vamos pensar nisso. Não queremos julgar ninguém, mas também não queremos que outras pessoas passem o mesmo que nós”, afirmou.

Acidente

Quatro veículos colidiram por volta das 8h30 desta quinta-feira (23), na avenida Cosme Ferreira, em frente ao conjunto Tiradentes, no Coroado, Zona Leste. O condutor do caminhão semirreboque SR Randon, de placa AOH-3331, perdeu o controle da direção e atingiu três veículos de passeio.

Publicidade
Publicidade