Domingo, 29 de Novembro de 2020
combate

Terminais de ônibus recebem higienização contra contágio da covid-19

A limpeza com água e hipoclorito de sódio foi iniciada, por volta das 9h, pelo Terminal da Constantino Nery (T1) e plataformas centrais ao longo da avenida, Terminal do São José (T5)



PHOTO-2020-04-01-10-02-45_15E9AF30-6D5C-4DFA-B1E2-950A51FCF159.jpg Foto: Semcom
01/04/2020 às 10:13

Ações de higienização de combate à covid-19 em Manaus aconteceram em dois terminais de ônibus nesta quarta-feira (1º). De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica de Manaus, Marinélia Ferreira, o objetivo é dimibuir as chances de contágio nesses pontos de aglomeração da capital.

A limpeza com água e hipoclorito de sódio foi iniciada, por volta das 9h, pelo Terminal da Constantino Nery (T1) e plataformas centrais ao longo da avenida, Terminal do São José (T5) e plataformas da avenida Grande Circular, além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) José Rayol, Leonor Brilhante e José Amazonas Palhano, em um raio de 50 metros de cada unidade.

"Higienização está sendo realizada, estão obedencendo todas as orienteações, mas isso são medidas coletivas. As individuais permanecem, lavar as mãos, não tocar nos olhos", reforça a gestora.

À tarde, as equipes irão continuar com o trabalho de higienização no T5, pela extensão da estrutura; Terminal da Cachoeirinha (T2); plataformas da Torquato Tapajós; e na UBS Leonor de Freitas. A ação será constante e irá alcançar os demais terminais, plataformas e unidades de saúde referenciadas para casos de Covid-19, de acordo com a prefeitura.

Leia mais >>> Bebê de um ano com coronavírus está internado em hospital de Parintins​

Os cuidados devem ser redobrados ao sair de casa, principalmente nos pontos de aglomeração como paradas e terminais de ônibus. Especialistas recomendam que, ao utilizar esses equipamentos públicos, evite tocar nos objetos. 

Desde a última semana, ações de prevenção ao contágio de covid-19 tem sido realizado em diversas prefeituras no estado. Em Parintins, o prefeito Bi Garcia (PSDB), após recomendação do Ministério Público, decretou o toque de recolher das 22h ás 5h, por 15 dias. Em Manaus a Assembleia Legislativa do Amazonas decidiu aprovar o estado de calamidade pública na capital.

Amazonas chega a três mortes causadas pelo coronavírus; casos no Estado vão a 175.

Leia mais >>> Fake news: Deputados do AM não reduziram 20% do salário de servidores



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.