Publicidade
Manaus
AJUSTE

Terminal da Cachoeirinha ‘recupera’ linhas e volta a funcionar como ponto de integração

Prefeito anunciou, nesta segunda-feira, que Terminal volta a funcionar nos mesmos moldes de antes da reforma 12/09/2016 às 19:23 - Atualizado em 12/09/2016 às 21:31
Show t2c2
Pouco mais de uma semana depois de inaugurado, terminal volta funcionar como ponto de integração e ganhará catracas / Foto: Aguilar Abecassis
Dante Graça Manaus (AM)

O Terminal da Cachoeirinha, o T2, vai voltar a servir como ponto de integração das linhas de ônibus, nos mesmos moldes que ocorria antes da reforma. A informação foi confirmada na tarde desta segunda-feira, pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

Reinaugurado no último dia 2 de setembro,  o T2 foi apresentado à população como uma Estação de Conexão, e não mais como um terminal. Com isso, a integração só era permitida via smart card, e não mais com a simples troca de um ônibus para o outro. Além disso, linhas que passavam, pelo terminal passaram a circular por fora, nas ruas adjacentes. A mudança gerou protestos de parte dos usuários, descontentes com a mudança. “Quando transformei este terminal no mais bonito e mais confortável da região Norte, com paisagismo e wi-fi, eu não fiz para atrapalhar a vida de ninguém, foi para dar uma integração mais confortável”, afirmou o prefeito, durante caminhada no Japiim.

Ele admitiu que a mudança causou descontentamento em parte da população. “E com razão”, pontuou ele, ressaltando que as catracas já estão sendo instaladas no local para que permite seu uso nos mesmos moldes que antes da reforma. “Depois desse contratempo, as pessoas vão perceber que ganharam o terminal mais bonito e funcional do Norte”, disse.

Sem a integração, muitos passageiros que não usavam os cartões acabaram precisando pagar duas passagens quando antes pagavam apenas uma. “Não adianta o empresário imaginar que vai conseguir um aumento indireto (na tarifa) comigo. Não conseguem nem direto e nem indireto”, afirmou o prefeito, destacando que já deu ordens ao novo responsável pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Major Thiago Balbi, de providenciar todas as mudanças necessárias. “As linhas todas vão passar por dentro. A integração é sagrada”.

A mudança foi anunciada por Arthur Neto três dias após a exoneração de Pedro Carvalho, superintendente da SMTU e responsável pela condução da obra e dos ajustes realizados após a entrega do novo Terminal. Carvalho, agora,  assumiu o posto de Secretário-Geral Do Conselho Municipal De Gestão Estratégica, unidade vinculada à estrutura organizacional da Casa Civil.

Publicidade
Publicidade