Publicidade
Manaus
INVESTIGAÇÃO

Testemunhas de acidente com lancha usada pela TV Globo prestam depoimento à PC

Colisão entre embarcações nesta quinta-feira (13) matou um adolescente de 15 anos que teve Traumatismo Crânio Encefálico 13/09/2018 às 18:39 - Atualizado em 14/09/2018 às 07:58
Show whatsapp image 2018 09 13 at 12.06.32 6eb5718f 3e03 4acc b9c8 f61e9fe82626
Foto: Euzivaldo Queiroz
acritica.com Manaus (AM)

A Polícia Civil ouviu todas as testemunhas e condutores de embarcações envolvidos na colisão entre uma lancha usada pela TV Globo e uma canoa/rabeta que vitimou fatalmente um adolescente de 15 anos no Igarapé do Tarumã-Açu, na Zona Oeste de Manaus, nesta nesta quinta-feira (13). Lucas Henrique de Lima Cardoso, 15, sofreu um traumatismo crânio-encefálico.

Segundo o delegado Tarson Yuri Soares, titular do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), um Inquérito Policial (IP) em torno do caso foi instaurado e a ocorrência deverá ser transferida para o 20° DIP, no bairro Ponta Negra, em Manaus. O delegado também requisitou um procedimento pericial. O conteúdo dos depoimentos não foi divulgado pela Polícia Civil.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na unidade policial, o acidente ocorreu por volta das 4h20, no Igarapé do Tarumã-açu, na orla Oeste de Manaus, na região do conjunto Residencial Vivenda Verde, no bairro Tarumã, Zona Oeste. Conforme o B.O, a lancha denominada "Paula", utilizada pela TV Globo nas gravações da minissérie "Aruanas", colidiu na canoa/rabeta na qual estavam Paulo Henrique Xavier Cardoso e o filho dele, Lucas, de 15 anos.

O Corpo de Bombeiros do Amazonas foi acionado por volta das 5h12 para atender a ocorrência e fez o transporte de Lucas para o Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Oeste, localizado no bairro Compensa. O adolescente apresentou Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), com sangramento na orelha direita. Ele foi transportado pela Unidade de Resgate com vida, mas inconsciente.

Pai e filho voltavam para a casa na hora do acidente

Conforme Paulo Henrique, todos que estavam na lancha Paula faziam parte do núcleo de gravação da minissérie “Aruanas”, coprodução da TV Globo e da Maria Farinha Filmes.

“Estava voltando do caminho que faço todos os dias. Tinha acabado de deixar minha mãe, de 72 anos, na Prainha. Meu filho estava com uma lanterna iluminando o caminho e eu, de costas, comandando a canoa. Senti a batida da embarcação e ouvi a lanterna caindo. Olhei para trás e vi meu filho já caído. A lancha de grande porte estava em alta velocidade. Eles passaram por cima de nós”, relatou o pai.

Após perceber que o filho tinha sido atingido pela embarcação, Paulo entrou em desespero. “A lancha estava tanto em alta velocidade que eles só perceberam que tinha atingido meu filho depois de 40 metros. Eles voltaram, prestaram socorro, mas acredito que meu filho morreu na hora. O meu filho foi atingido na cabeça e teve uma orelha cortada no acidente”, explicou o ribeirinho.

TV Globo

Em nota, a TV Globo confirmou o incidente que ocasionou na morte do adolescente de 15 anos. “No deslocamento para o set de gravação de 'Aruanas', o barco que dava apoio à Maria Farinha Filmes nas gravações colidiu com outro barco. Os dois ocupantes [pai e filho] foram socorridos imediatamente no local, mas Lucas morreu”, disse a emissora.

“A Maria Farinha Filmes e a Globo lamentam profundamente o ocorrido e estão ao lado da família e dos envolvidos, para providências e apoio com todo o necessário. As autoridades locais estão apurando o acidente e as gravações do dia foram canceladas”, finalizou a Globo.

Publicidade
Publicidade