Terça-feira, 22 de Outubro de 2019
Manaus

Thomaz e Lobo comemoram aprovação da PEC 506-A

Thomaz Nogueira (Suframa) e Afonso Lobo (Sefaz) elogiaram a atuação da bancada federal, dizendo que ela não pode relaxar



1.jpg Thomaz Nogueira (Suframa) e Afonso Lobo (Sefaz) confiantes na aprovação
02/10/2013 às 08:16

A aprovação da PEC que prorroga os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados foi comemorada por autoridades locais.

O Secretário Estadual de Fazenda, Afonso Lobo, disse, no momento em que foi contactado por ACRITICA, (por volta de 16h30 dessa terá-feira 1º) que ainda não havia sido informado da aprovação da PEC 506-A. Lobo, porém, classificou como “maravilhosa” a notícia que acabara de receber da reportagem. “Deputados de vários lugares do país integram esta comissão. Isto mostra que o Brasil reconhece a Zona Franca de Manaus como um modelo de desenvolvimento hoje indispensável para a nossa região”, declarou o titular da Sefaz.



Na visão do Secretário de Fazenda do Estado, a bancada amazonense não deve encontrar muitas dificuldades em conseguir a aprovação da PEC no plenário da Câmara. “Acho que nesta questão específica da prorrogação, não teremos uma guerra. É claro que sempre existirão algumas vozes insatisfeitas, mas a grande maioria dos deputados nos apoiará”, garantiu Afonso Lobo.

O Superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, elogiou o trabalho dos deputados envolvidos na aprovação da PEC 506-A. “Precisamos ressaltar o trabalho dos deputados Átila Lins (relator) e Edio Lopes (presidente da Comissão Especial) que levaram a discussão para além da Câmara, promovendo reuniões em diversos Estados da região -diretamente afetados pela proposta. A Suframa contribuiu com dados técnicos, embasados, que mostraram de forma indiscutível a validade do modelo para o desenvolvimento da economia do País como um todo e para a preservação ambiental da floresta amazônica”, ressaltou o superintendente da Suframa.

Thomaz, porém, disse que o Estado não pode relaxar nesta e em outras batalhas que envolvem a ZFM. “Foi um passo importante, mas apenas uma etapa do longo caminho que temos pela frente e durante o qual todos nós temos o dever de continuar municiando a sociedade de informações sobre a Zona Franca de Manaus que ajudem a aumentar a consciência de todos sobre a importância da manutenção deste modelo”, argumentou Thomaz.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.