Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
PREMIAÇÃO

TJ-AM vence 1º Prêmio de Práticas em Gestão de Pessoas do Poder Judiciário

Projeto "Teletrabalho" foi anunciado pelo CNJ como vencedor na categoria "Planejamento em Gestão de Pessoas". Premiação será em Brasília, nos dias 13 e 14 de junho



show_tjam_2DB2E23B-BE52-4589-9F21-F7A6A5F06546.jpg Foto: Arquivo/Ac
08/05/2019 às 01:00

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) foi anunciado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como a instituição vencedora do 1º Prêmio de Práticas em Gestão de Pessoas do Poder Judiciário na categoria “Planejamento em Gestão de Pessoas”.

Com seu projeto de “Teletrabalho”, o Tribunal do Amazonas foi a única Corte Estadual evidenciada no Prêmio, que também destacou, em outras modalidades temáticas, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região.

O programa tem como perspectiva, a redução de gastos públicos com eletricidade, papel e outros insumos arcados pelo serviço público, entre outros, pela implementação do sistema de home office por parte de servidores que atuam nas atividades judiciárias, tendo como compromisso e condição para a participação no programa, a produtividade superior em relação aos servidores que trabalham presencialmente.


Programa "Teletrabalho" possibilita o 'home office' aos servidores. Foto: Divulgação/Raphael Alves

“Isso demonstra que os nossos sistemas processuais são muito eficazes, não temos processos físicos, e essa automação faz com que nós consigamos alcançar as regiões mais remotas do estado, mesmo nos locais mais longínquos. Isso mostra o nosso comprometimento com inovação tecnológica para tornar os gastos públicos mais eficientes”, destacou o presidente do TJ-AM, desembargador Yedo Simões.

Organizado nas categorias “Planejamento e Gestão de Pessoas”, “Seleção, Ingresso e Lotação de Servidores”, “Acompanhamento e Desenvolvimento de Gestores e Servidores” e “Valorização e Ambiente de Trabalho”, a primeira edição do prêmio contou com 153 práticas inscritas.

Com a premiação, o CNJ buscou reconhecer e dar publicidade às iniciativas em Gestão de Pessoas que contribuem para a excelência na prestação dos serviços no âmbito do Poder Judiciário; identificar e disseminar práticas implementadas no Poder Judiciário, relacionadas à Gestão de Pessoas, além de incentivar a modernização e eficiência no âmbito do Judiciário.

As 153 práticas inscritas no Prêmio foram avaliadas por uma comissão julgadora formada por profissionais do quadro do CNJ que analisou: a pertinência dos trabalhos executados com o tema (categoria) proposto; os resultados obtidos em termos qualitativos e quantitativos; a viabilidade de replicação da prática em outros órgãos; aspectos relativos à facilidade e simplicidade de implementação; criatividade e inovação; e adequação (da prática) à área temática.

A solenidade de premiação acontecerá durante o II Encontro Nacional de Gestores de Pessoas, que ocorrerá nos dias 13 e 14 de junho, em Brasília.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.