Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
Manaus

TJAM abre processo seletivo de estágio para portadores de necessidades especiais

Os candidatos aprovados no processo seletivo irão trabalhar a digitalização dos processos judiciais físicos



1.jpg Tribunal de Justiça do Amazonas
29/04/2013 às 19:39

A Comissão Organizadora da Seleção Pública para Estágio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) divulgou nesta segunda-feira (29) o Edital do Processo Seletivo de Estágio para Portadores de Necessidades Especiais.

O Processo Seletivo destina-se ao preenchimento de seis vagas de estágio para o Setor de Protocolo Judicial de 1º Grau do Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco, Zona centro-Sul de Manaus. Os estagiários aprovados irão desenvolver atividades específicas de digitalização dos processos judiciais “físicos”, colaborando para a virtualização dessas ações.

“É nossa obrigação olhar as pessoas que têm necessidades especiais. Aliás, existe Lei promulgada para ampará-los. Pensando nisso - e como nós temos muito trabalho -, resolvi realizar um processo seletivo tão somente para pessoas portadoras de necessidades especiais”, declarou o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa.

De acordo com o diretor da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do TJAM, desembargador Cláudio Roessing, esta é uma iniciativa importante do Tribunal de Justiça na questão da inclusão social das pessoas portadoras de necessidades especiais. “Acredito que essa é uma iniciativa que vai proporcionar a estas pessoas inclusão no mercado de trabalho”, disse.

O estágio compreende o exercício transitório de funções auxiliares do Poder Judiciário, como bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 800,00, auxílio-transporte no valor de R$121,00 e jornada de estágio de 20 horas semanais.

Quem pode se inscrever

Candidatos interessados em concorrer às vagas têm que estar regularmente matriculados em qualquer curso de graduação de ensino superior, autorizado ou reconhecido pelo MEC; não cursar o penúltimo ou último semestre do curso que o impossibilite de ter, no mínimo, um ano para cumprimento do termo de compromisso (salvo aqueles que, mediante apresentação de declaração, comprovarem estar desperiodizados); ter coeficiente de rendimento igual ou superior a 6,0 pontos, atestado por histórico escolar; entre outros requisitos que devem ser conferidos no Edital de Abertura Nº 01/2013.

Inscrições

As inscrições serão efetuadas, gratuitamente, na sede do TJAM, no horário do expediente forense – de 8h às 14h -, entre os dias 13 e 17 de maio de 2013. No ato das inscrições os candidatos deverão apresentar os documentos: cópia do laudo médico (emitido nos últimos 12 meses) atestando o tipo e o grau ou nível de deficiência de que é portador, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID); original da declaração de matrícula, atualizada, em qualquer curso de Graduação em instituição de ensino oficial ou reconhecida pelo MEC; original do histórico escolar, atualizado, que ateste coeficiente de rendimento igual ou superior a 6,0 (seis) pontos.

*Com informações da assessoria de imprensa do TJAM


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.