Publicidade
Manaus
ALTA

Tomate, carne e arroz estão mais caros para o consumidor em Manaus

Mesmo com ligeiras altas de alguns produtos, Manaus ocupa o 8° lugar das cestas mais baratas entre as 27 capitais pesquisadas 09/05/2017 às 11:18 - Atualizado em 09/05/2017 às 11:56
Show 1224497
(Foto: Evandro Seixas)
Rebeca Mota Manaus (AM)a

O custo da cesta básica em Manaus teve aumento de 0,55% em abril, totalizando a R$ 373,98. A alta nos preços do tomate, da carne e do arroz foram os principais fatores, segundo a pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Apesar disso, Manaus está como a 8º cesta mais barata do Brasil.

Segundo o Dieese, o tomate (7,82%) foi o produto que apresentou maior alta no mês, depois a carne (1,72%) e o arroz (0,32%). E os produtos que sofreram queda nos preços foram a banana (-4,44%), manteiga (-2,57%), o feijão (-2,03%), o óleo de soja (-1,40%), o açúcar (-1,40%), a farinha (-0,94%), o pão (-0,51%), o leite (-0,29%) e o café (-0,15%).

Mesmo com as ligeiras altas de alguns produtos, Manaus ocupa o 8° lugar das cestas mais baratas dentre as 27 capitais onde é feita a pesquisa. E as maiores altas foram registradas em Porto Alegre, R$ 464,19 e Florianópolis, R$ 453, 54.

O custo da cesta básica para o sustento de uma família de quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças, em Manaus, foi de R$ 1.121,94 durante o mês de abril de 2017. Esse valor equivale a aproximadamente 1,20 vezes o salário mínimo bruto, fixado pelo governo federal em R$ 937,00. No mês anterior, o custo da cesta básica para esta mesma família era menor e foi de R$ 1.115,79, 1,19 vezes o salário mínimo bruto praticado naquele momento.

O aumento no preço do tomate e da carne foi percebido pelas as manauaras e trocados por outros produtos. A aposentada, Raimunda Mota, está economizando no tomate e na carne, em substituição está consumindo a beterraba e o frango. “Eu senti um pouco caro o preço desses produtos e estou para ‘voar’ de tanto comer frango, devido ter deixado de comer carne”, brincou.

A dona de Casa, Adriana Reis, conta que faz pesquisas para economizar. “Percebi um aumento no preço da carne desde a operação da Carne Fraca”.

Aponta Dieese

Na capital amazonense, a cesta básica custou, em abril de 2017, R$ 373,98. Três produtos apresentaram alta e nove tiveram queda no mês analisado, ficando mais cara em relação ao mês anterior que custava R$ 371,93.

Em números

7,82% o tomate foi o produto que apresentou maior alta em abril. O preço, por quilo (Kg), deste fruto foi de R$ 5, 24.

1,72% a carne foi o segundo maior produto que revelou aumento no custo, em relação ao mês anterior.O quilo, em média, estava custando em abril R$ 20,60.

0,32% o arroz representou alta de 0,32% em comparação a março.Para uma família de quatro pessoas, seria necessário para a cesta básica 3,6 kg, totalizando a R$ 12, 71.

Publicidade
Publicidade