Publicidade
Manaus
REIVINDICAÇÃO

Trabalhadores de ex-prestadora de serviços da Eletrobras cobram pagamentos atrasados

Quase 300 ex-funcionários da empresa possuem problemas com salários atrasados, FGTS ou férias. Grupo se reuniu na manhã desta quarta e pretendem recorrer à CMM e Ministério Público em busca de benefícios 17/08/2016 às 14:30 - Atualizado em 18/08/2016 às 09:38
Show aguilar 333
Trabalhadores se reuniram na Casa do Trabalhador para definir ações (Foto: Aguilar Abecassis)
acrítica.com Manaus (AM)

Trabalhadores de uma empresa ex-prestadora de serviços da concessionária Eletrobras Amazonas Energia, a D5 Assessoria e Serviços Ltda, reclamam da falta de pagamentos. Segundo o grupo, quase 300 funcionários ficaram sem os benefícios trabalhistas como salários atrasados, férias e Fundo de Garantia de Tempo e Serviço (FGTS). Eles prometem recorrer à Câmara Municipal de Manaus (CMM) caso o problema não seja resolvido.

Os trabalhadores se reuniram na manhã desta quarta-feira (17) na Casa do Trabalhador, localizada na rua Marcílio Dias, Centro. Conforme eles contam, o atraso no depósito dos benefícios vem desde 2012 para algumas pessoas.

De acordo com o técnico ambiental Adhonay Dantas de Araújo, um dos ex-funcionários da D5, o grupo pretende recorrer à Câmara Municipal . “É um absurdo isso. São muitas pessoas que estão na rua, engenheiros, técnicos, podadores. Todos dizem que o problema não é deles, mas estamos cobrando algo que é direito nosso”, afirmou.

Uma reunião com representantes do Ministério Público do Trabalho, representantes da Eletrobras e políticos está marcada para a próxima segunda-feira (22) na CMM.

A Eletrobras Distribuição Amazonas informa que todas as obrigações legais em relação ao contrato com a empresa D5 foram cumpridas pela Amazonas Distribuidora. O contrato supracitado foi encerrado em Julho de 2016, portanto a Amazonas Distribuidora não tem mais relação comercial com a referida empresa.

Publicidade
Publicidade