Sábado, 15 de Maio de 2021
ADAPTAÇÃO

Escoteiros do Amazonas usam tecnologia para manter serviço voluntário

Mais de 20 grupos de escoteiros do Estado mantêm atividades em casa por videoconferências na internet



capa_CA4BCA08-D587-4861-937B-00ED050501FC.JPG Jovens escoteiros de Manaus buscam manter tradições do movimento. Foto: Divulgação
23/04/2020 às 06:30

Em época de pandemia da Covid-19, o escotismo no Amazonas sobrevive por meio das alternativas tecnológicas. No Estado, crianças, adolescentes e adultos escoteiros procuram manter acesa a chama desse movimento global de educação de jovens. Na capital Manaus, diversos grupos escoteiros seguem com suas reuniões de sábado por meio de aplicativos de videoconferência na internet.

A exemplo das atividades presenciais, as cerimônias de hasteamento das bandeiras, orações, avisos são mantidos por meio do vídeo ou em lives (transmissões ao vivo pelas redes sociais).



As atividades e jogos são coordenados por adultos voluntários (chefes escoteiros), que as repassam via internet, e do outro lado os jovens e suas patrulhas devem cumprir no menor espaço de tempo possível. O movimento escoteiro é a maior ONG de educação não formal que existe no planeta e está presente em mais de 216 países e territórios, com mais de 50 milhões de associados. No Brasil, o efetivo ultrapassa os 100 mil divididos em diversas unidades escoteiras em todas as cidades brasileiras.

No Amazonas, são mais de 20 grupos de escoteiros espalhado na capital e no interior, totalizando no Estado cerca de 1.200 associados. Manaus possui 12 grupos em diversos pontos da capital. O mais recente é o 39º AM grupo Escoteiro Dom Bosco Manaus, com atividades todos os sábados, das 9h às 11h. A unidade escoteira mais tradicional da capital é o 1º AM Murilo Braga, com mais de 100 associados.

O diretor-presidente do 1º AM Grupo Escoteiro Murilo Braga, Renato Martins, explicou que em respeito aos decretos governamentais e as orientações recebidas dos Escoteiros do Brasil, como evitar aglomeração de pessoas, tem mantido as atividades presenciais suspensas. Mas os membros do grupo estão se encontrando virtualmente. E como essa semana, entre os dias 18 e dia 23, se comemora o Dia Mundial dos Escoteiros, que é festejado hoje em vários países, foram elaboradas atividades que podem ser realizadas em casa.

Para a realização das atividades, o programa de videoconferência Zoom tem sido utilizado.  “Assim unimos todas as seções: lobinhos, de 6 a 10 anos, escoteiros, de 11 a 14 anos, sênior, de 15 a 17 anos, e pioneiros, de 18 a 21 anos. Realizamos a cerimônia de hasteamento da bandeira, orações e avisos, após isso cada seção abre nova sala virtual para a realização de jogos e atividades com os seus membros”, explicou Martins.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.