Publicidade
Manaus
Manaus

Trânsito continua congestionado em avenidas de Manaus duas semanas após início da Faixa Azul

Nos horários de pico o sufoco é maior: as paradas de ônibus nas avenidas Umberto Calderaro e André Araújo ficam aglomeradas de pessoas à espera do transporte 28/08/2015 às 10:44
Show 1
Fluidez e diminuição de tempo de viagem não estão ocorrendo na Umberto Calderaro Filho, segundo os usuários
Acritica.com ---

Há duas semanas instalada na avenida Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), na Zona Centro-Sul, no trecho entre a rua Belém e a avenida André Araújo, a “Faixa Azul” que deveria proporcionar fluidez ao trânsito permanece causando transtornos aos motoristas, em especial, aos passageiros de ônibus que sofrem com os constantes congestionamentos.

O maior sufoco acontece durante os horários de pico. As paradas de ônibus ao longo das avenidas Umberto Calderaro Filho e André Araújo, ficam aglomeradas de passageiros à espera do transporte. “Isso é um absurdo ficarmos horas esperando e quando o ônibus chega, está sempre lotado”, disse a usuária de ônibus Rocineide Albuquerque, enquanto esperava pelo ônibus na avenida André Araújo.

Para o vendedor Joacir Gomes, que presta serviço no Manauara Shopping, e utiliza o transporte coletivo todos os dias na avenida Umberto Calderaro, desde a instalação da Faixa Azul no início da via, no sentido Centro/bairro, os ônibus demoram a chegar nas paradas. “Isso ocorre devido à faixa direcionada aos transportes coletivo, mas que também é utilizada por outros veículos que estão em outra via e que tendem a usufruir da faixa na Umberto Calderaro para ter acesso ao bairro de Petrópolis, na Zona Sul”, relatou.

De acordo com os condutores de veículos a tal fluidez, bem como a redução do tempo de viagem, não está acontecendo como deveria, em razão da forte retenção do fluxo de veículos na avenida Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), entre a rua Belém e a avenida André Araújo, onde está instalado um trecho da Faixa Azul .

A contenção de veículos chega a causar congestionamentos na avenida Boulevard Álvaro Maia e nas ruas Marciano Armond, Terezina e Fortaleza, adjacentes à avenida Umberto Calderaro.

Redução do tempo O objetivo da Prefeitura de Manaus com a implantação da faixa destinada ao transporte coletivo naquela região da cidade é reduzir o tempo de viagem e melhorar o desempenho da operação das linhas de ônibus. Em 20 dias, após a adaptação dos motoristas ao novo corredor, a Prefeitura anunciará como será realizada a fiscalização nessas vias.

Sinalização                                                                                     

Como medida, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), no decorrer da última semana, instalou placas de sinalização com informações sobre a área restrita para circulação de ônibus.

Publicidade
Publicidade