Domingo, 19 de Maio de 2019
CAOS

Trânsito é desviado após manifestantes bloquearem Djalma Batista

Manifestantes pediram a prisão do ex-presidente Lula, que terá habeas corpus julgado nesta quarta (4). Interdição ocorreu em frente ao Amazonas Shopping e reuniu cerca de mil pessoas



avenida.jpg
Foto: Antônio Lima
03/04/2018 às 19:25

Integrantes do movimento Vem Pra Rua Amazonas bloquearam o sentido bairro/Centro da avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus, em um ato pedindo a prisão do ex-presidente Lula na noite desta terça-feira (2). A interdição ocorreu em frente ao Amazonas Shopping, no bairro Parque Dez de Novembro. A organização estima que mil pessoas participaram do protesto.

"Lula ladrão, seu lugar é na prisão", gritavam os manifestantes. Um caminhão de som foi estacionado no meio da via. Policiais militares e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) acompanhavam o ato.

Agentes do Manaustrans estavam fazendo o desvio do fluxo de veículos na Djalma Batista, esquina com a Av. Pedro Teixeira, em direção a av. Constantino Nery. A maioria das rotas de ônibus foi desviada no início da Constantino Nery, próximo a Torquato Tapajós (sentido bairro/Centro).

A via foi liberada por volta das 19h40. 

Julgamento

Nesta quarta-feira (4), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar o habeas corpus preventivo com o qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer evitar sua prisão após condenação pela segunda instância da Justiça Federal no caso do tríplex do Guarujá (SP).

"Nós queremos que o habeas corpus seja negado. É um absurdo que o STF dê um atestado de impunidade a um corrupto", declarou o porta-voz do Vem Pra Rua Amazonas, Matheus Dias.

Ato em frente ao prédio da Justiça Federal

Outra manifestação pedindo a prisão do ex-presidente Lula ocorreu em frente ao prédio da Justiça Federal do Amazonas, na av. André Araújo, Aleixo, Zona Centro-Sul, no final da tarde desta terça-feira (3). O ato foi organizado por integrantes dos movimentos Amazonas em Ação, Avança Brasil (Maçonaria) e Bolsonaro Amazonas.

Em carros de som, os manifestantes questionaram a integridade do STF e vaiaram o tribunal. Vestidos com camisa verde e amarela, integrantes ainda colaram adesivos com frases “Lula na cadeia” em veículos que passavam pelo local.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.