Publicidade
Manaus
Manaus

Transporte alternativo: Uso de bicicleta soma 27 mil por dia entre moradores de Manaus

Segunda pesquisa, a Zona Centro-Sul da cidade concentra o maior número de usuários; 45% usa o modal para trabalhar e tentar fugir dos congestionamentos 12/03/2013 às 08:09
Show 1
A pesquisa do grupo Pedala Manaus detectou que o maior uso se dá nos horários de pico, de segunda a sexta-feira, às 7h, e no final do dia, de 17h às 19h
Florêncio Mesquita ---

A Zona Centro-Sul é a campeã em uso de bicicletas em Manaus, segundo apontou a pesquisa apresentada nesta segunda-feira (11) pelo grupo Pedala Manaus ao Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb). A zona aparece como uma das principais áreas que devem receber intervenções da Prefeitura de Manaus com a construção de ciclofaixas e ciclovias.

A pesquisa intitulada “Origem-Destino” tem o intuito de embasar as informações para a elaboração do plano de mobilidade cicloviária de Manaus e a construção dos primeiros 20 quilômetros de ciclovias, até dezembro deste ano, determinados pelo prefeito Artur Neto (PSDB).

Os bairros que lideram a lista de usuários de bicicletas são Aleixo, Parque 10 de Novembro e Chapada. Foram dessas localidades que mais partiram usuários de bicicletas. O destino mais procurado foi o Centro. Apesar de concentrar o maior índice populacional, a Zona Norte aparece na pesquisa como a que menos tem demanda por bicicleta na cidade. O bairro Distrito Industrial 1, seguido do Nossa Senhora das Graças e Praça 14 de Janeiro, são os que ocupam as últimas colocações no uso das duas rodas.

Os motivos para o baixo índice de ciclista na Zona Norte foram os percursos longos comparados a outras áreas da cidade, perigo de atropelamento em meio à grande quantidade de veículos, e falta de respeito dos motoristas em veículos automotores.

Grupos de pedaleiros de Manaus apresentaram resultado de pesquisa realizada entre 1º de fevereiro e 2 de março ao Implurb e Manaustrans, na manhã desta segunda-feira (11)

O estudo, realizado ao longo de um mês, revelou que são feitas em média 27 mil viagens de bicicleta por dia por pessoas entre 21 e 50 anos de idade. Foram coletadas 674 amostras e ficou constatado que, ao contrário do que era esperado, a maioria dos usuários de bicicleta utiliza o meio de transporte para ir ao trabalho, principalmente, de segunda-feira a sexta-feira, nos horários de pico da manhã e no final da tarde. Enquanto 45% usa a bicicleta para trabalho, 30% usa para o lazer e 14% para ir às universidades. Somente no fim de semana a demanda muda e é direcionada ao lazer. Ao todo, 68,5% dos usuários de bicicleta são do sexo masculino e apenas 31,5% do sexo feminino.

Mapeamento

Mais de 20 grupos de ciclistas participaram do levantamento que foi entregue ao Implurb e ao Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Entre as vias que comportam a intervenção estão a Torquato Tapajós, Governador José Lindoso (Torres), Cosme Ferreira, Noel Nutels, Silves, entre outras. “Manaus tem vias largas, mas perigosas porque são de trânsito rápido”, disse o coordenador do Pedala, Paulo Aguiar.

Publicidade
Publicidade