Publicidade
Manaus
POLÍTICA

TRE-AM inicia geração de mídia, carga e lacre de urnas eletrônicas para as eleições

De acordo com a juíza Rebeca Mendonça, a geração de mídia, carga e lacre é um dos primeiros processos para a distribuição de urnas no Estado 19/09/2018 às 17:24
Show gilson 4e2af709 70e7 4898 b9e9 030a015a740d
Foto: Gilson Mello/TRE-AM
Rebeca Almeida Manaus (AM)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) iniciou nesta quarta-feira (19) a geração de mídia, carga e lacre de urnas eletrônicas para os municípios do Estado. Os procedimentos são realizados para segurança e isonomia no sistema de voto eletrônico do País. Para realizar o demonstrativo, o TRE-AM realizou uma cerimônia pública presidida pela juíza eleitoral do TRE-AM e presidente da comissão de geração de mídias, carga e lacre, Rebeca Mendonça, na sede do Tribunal.

Durante a cerimônia três urnas destinadas ao município de Barcellos passaram pelos procedimentos de segurança. De acordo com a juíza Rebeca Mendonça, a geração de mídia, carga e lacre é um dos primeiros processos para a distribuição de urnas no Estado. “Essas urnas que foram lacradas hoje já começarão a ser enviadas para as suas respectivas sessões eleitorais. Hoje nós começamos pelo polo Manaus que atende a região metropolitana, sendo 22 municípios no total”, disse.

O presidente do TRE-AM, desembargador João Simões, enfatizou que a  demonstração pública foi realizada com o objetivo de combater as fake news sobre a isonomia das urnas eletrônicas. “Como todos puderam assistir, nós estamos acabando com mais uma fake news famosa, acredito que a mais famosa notícia falsa acerca da segurança da urna eletrônica. A nossa urna é um instrumento seguro e confiável portanto convido aos eleitores que escolham seus candidatos”, disse, destacando a diminuição de votos brancos e nulos no Estado. O presidente também enfatizou que até ano que vem a expectativa é que todo o Estado possua a biometria, atualmente 84,6% do Estado possui biometria, de acordo com o TRE-AM.

Hoje foi o primeiro dia para a realização dos procedimentos conforme o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de acordo com a juíza Rebeca Mendonça. As ações de segurança serão realizadas até o dia 4 de outubro.

Publicidade
Publicidade