Publicidade
Manaus
AVENIDA

Trechos 3 e 4 da Avenida das Flores devem ser concluídos até outubro

Em junho de 2016, foram liberados os primeiros 6,5 km do trecho 4 da Avenida das Flores, localizado entre a rua 7 de maio, zona norte, até a AM-010 30/07/2017 às 15:39
Show 777
(Foto: Valdo Leão/Secom)
acritica.com Manaus (AM)

Os trechos 3 e 4 das obras da Avenida das Flores, que vai da rua Curió, na Cidade Nova, até a rodovia AM-010, devem ser entregues até o mês de outubro deste ano. É que com a chegada do verão, as obras seguem em ritmo acelerado. Nesses dois trechos, as máquinas fazem os acabamentos e reforço na estrutura de pavimentação até chegar ao nível da pista.

 “Na verdade, estamos praticamente finalizando os trechos 3 e 4 da Avenida das Flores. Estamos na fase final da passagem de nível da Timbiras e, até setembro ou outubro, devemos entregar completamente esses dois trechos”, declarou o titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Américo Gorayeb. 

Na sexta-feira (28), cerca de 120 homens trabalhavam em ritmo acelerado nos trechos 3 e 4, reforçando o aterramento para nivelar a pista. No trecho 3, que vai da Avenida Noel Nütels até o igarapé do passarinho, a pavimentação segue mais rapidamente, uma vez que, nesse trecho, não há construção de trincheira (passagem de nível), uma das partes mais demorada da obra.

Já no início do trecho 4, na cabeceira da trincheira da avenida Margarita, no conjunto Nova Cidade, o fluxo de uma das vias que estava interditada, será liberado neste fim de semana para que as obras sigam pela outra pista. O restante do trecho 4 está pronto e liberado dando acesso até a rodovia AM-10.

No trecho 2, localizado entre a avenida Timbiras e a rua Curió, passando pela lateral do Parque Estadual Sumaúma, na Cidade Nova I, está sendo construída a trincheira, onde foi finalizada a concretagem das paredes. Agora, os serviços se concentram na concretagem do piso. Além disso, também estão trabalhando no acabamento do muro de contenção na pista esquerda, sentido Timbiras/ AM-010. Quando concluído o trecho terá 1,2 km de extensão.

A outra trincheira será construída na avenida Noel Nütels, sob o Terminal de ônibus da Cidade Nova I, o T3. Quando estiverem prontas, as duas trincheiras darão lugar às passagens subterrâneas sob a avenida Timbiras e sob o T3.

O trecho 3, localizado entre a rua Curió, na Cidade Nova I, e o Igarapé do Passarinho, no Monte das Oliveiras, conjunto Nova Cidade, está em fase de terraplanagem. Quando concluído terá 1,7 km de extensão. 

Já no trecho 4, a parte entre o igarapé do Passarinho e o conjunto Carlos Braga já recebeu a primeira camada de pavimentação asfáltica. Além disso, os serviços também se concentram atualmente na cravação das estacas para a execução da trincheira que dará acesso pela avenida Margarita. 

Trechos em funcionamento

A via já possui dois trechos em pleno funcionamento, a conhecida Avenida das Torres com 6,2 km, considerado o trecho 1 e que recebeu a denominação de Avenida Governador José Lindoso, e 6,5 km do trecho 4 da Avenida das Flores.

Em junho de 2016, foram liberados os primeiros 6,5 km do trecho 4 da Avenida das Flores, localizado entre a rua 7 de maio, zona norte, até a AM-010. Esse trecho beneficia diretamente os moradores dos bairros Cidade Nova, Nova Cidade, Santa Etelvina, João Paulo, conjunto Viver Melhor e conjuntos Cidadão V, VII e XII.

 Maior corredor de ônibus de Manaus

Com investimento de R$ 244,4 milhões, a Avenida das Flores possuirá 11,1 km de extensão mais os 6,2 km da Avenida das Torres (considerada como o trecho 1), será o maior corredor de ônibus de Manaus. A Avenida das Torres abrange os bairros Coroado, Aleixo e Cidade Nova I.

 Juntas, a Avenida das Flores e das Torres terão duas mãos de fluxo com um canteiro central e três faixas para circulação de veículos em cada lado, sendo uma delas em cada via reservada para o corredor exclusivo de ônibus. Ao longo de toda a via serão construídas baias para as paradas de ônibus padronizadas.

 Quando estiver em pleno funcionamento, a Avenida das Flores será, juntamente com os anéis viários, uma nova alternativa de rota aos veículos que trafegam entre as zonas leste, centro-sul e norte.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade