Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
carros_seap.JPG
publicidade
publicidade

PARA AUDIÊNCIAS

Três meses após massacre, Seap recebe 'furgões-cela' para transporte de detentos

Sete veículos serão distribuídos entre unidades prisionais para transporte de presos custodiados. Segundo o órgão, outras treze viaturas devem chegar ainda em 2017 por meio do Governo Federal


12/04/2017 às 12:24

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) apresentou na manhã desta quarta-feira (12) sete furgões-cela para escolta de detentos no transporte para audiências e atendimento médico. As viaturas serão distribuídas entre as sete unidades prisionais da capital. Conforme o órgão, outros trezes veículos devem ser entregues para o Governo do Estado ainda em 2017.

A entrega foi realizada no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro 8 da BR-174 e contou com a presença dos diretores de todos os presídios da cidade.

Segundo a Seap, as viaturas foram doadas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e Cidadania e possuem câmeras de segurança e comunicadores internos com o objetivo de trazer mais segurança para os agentes e detentos escoltados.

O titular da Seap, Cleitman Coelho, afirmou que as viaturas são uma resposta ao Judiciário do Amazonas. “É uma demanda reprimida que hoje existe com a apresentação desses presos pra audiência de custódia ou outras audiências que acontecem durante o processo. Esses veículos vão ajudar a atender essa demanda na capital e na Região Metropolitana”, declarou.

As novas viaturas serão distribuídas entre as sete unidades prisionais da capital: Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, Unidade do Puraquequara (UPP), Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Penitenciária Feminina de Manaus (PFM).

Investimentos

Em coletiva de imprensa, o titular do órgão ainda falou que a construção de dois presídios está em fase de licitação, sendo um deles em Manacapuru e outro em Parintins. Depois da fase, a secretaria tem um ano e dois meses para construir os novos complexos prisionais.

 “O processo licitatório está na CGL (Comissão Geral de Licitação) para que seja lançado o edital da licitação pra que as empresas se habilitem essas duas cadeias”.

Além disso, o secretário informou que com o repasse de R$ 52 milhões do Governo Federal, está licitando aquisição de tecnologia para evitar a entrada de objetos ilícitos nas cadeias e aparelhamento para bloqueio de celular.

publicidade
publicidade
Greve completa uma semana e professores esperam contraproposta
Cinco visitantes são flagradas com drogas nas partes íntimas em prisões de Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.