Publicidade
Manaus
SEGURANÇA PÚBLICA

Três são presos e um adolescente apreendido durante operação no Centro de Manaus

Alessandro Ferreira da Silva, 25; Alessandro Mendonça Vasconcelos, 25; Jonata de Souza Neves Pinteiro, 21, e o adolescente de 17 anos foram abordados na região da Feira da Manaus Moderna 11/05/2018 às 19:01
Show grupo
Foto: Bruno Zanardo/Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A Polícia Civil do Amazonas, sob o comando do delegado-geral da instituição, Mariolino Brito, deflagrou, na manhã desta sexta-feira (11/05), a operação “Banzeiro – Dia das Mães”, no bairro Centro, Zona-Sul de Manaus. Três pessoas foram presas e um adolescente de 17 anos apreendido na região da Feira da Manaus Moderna.

Com eles os policiais civis encontraram 12 porções de entorpecentes, entre cocaína, oxi e maconha, além de R$ 160 em espécie. Na rua Marquês de Santa Cruz, um vendedor foi preso em flagrante pela prática de venda ilegal de produtos medicinais.

Com o objetivo de prevenir roubos e furtos naquela região da cidade durante o período que antecede o Dia das Mães, a ação reuniu policiais civis lotados no gabinete do delegado-geral, Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon) e Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

“A Polícia Civil se antecipa a determinados eventos. Por ser considerada uma época de muitas compras, em razão deste domingo ser comemorado o Dia das Mães, nós viemos para essa região da cidade justamente para garantir que esses clientes consigam realizar suas atividades de maneira ordeira e que os comerciantes possam trabalhar tranquilamente”, declarou Mariolino Brito.

Reforço

O vice-governador do Estado, Bosco Saraiva, também acompanhou o início dos trabalhos e destacou a importância do trabalho preventivo na garantia da segurança da população. “Há um grande movimento por compras nesse período do Dia das Mães e, por isso, haverá um reforço do trabalho da Polícia Civil, com emprego de contingente maior para proteger o comércio e garantir que as pessoas possam comprar com tranquilidade. A Delegacia Móvel está de prontidão, instalada nessa região, para atender a população que precisar”, enfatizou.

Flagrante

Durante as abordagens realizadas nesta manhã (11), nas proximidades da Feira da Manaus Moderna, policiais civis que compõem a equipe do Denarc avistaram Alessandro Ferreira da Silva, 25; Alessandro Mendonça Vasconcelos, 25; Jonata de Souza Neves Pinteiro, 21, e o adolescente de 17 anos em atitude suspeita.

Durante revista aos indivíduos, constataram que o grupo estava em posse de 12 porções de entorpecentes, entre cocaína, oxi e maconha, além de R$ 160 em espécie. Os elementos foram conduzidos ao 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

Alessandro Silva, Alessandro Vasconcelos e Jonata foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, Zona Sul da cidade.  Já o adolescente irá responder por ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ele será conduzido à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Medicamentos irregulares

No fim da manhã, por volta das 11h, na rua Marques de Santa Cruz, o autônomo Jailson Max Costa Motta, 54, foi abordado por comercializar grande quantidade de medicamentos irregularmente. “Ele estava vendendo distintos tipos de medicamentos, inclusive antibióticos proibidos e que deveriam ser comprados somente com receita médica”, explicou o delegado titular da Decon, Eduardo Paixão.

A mercadoria irregular foi apreendida e Jailson foi conduzido à especializada, que fica nas dependências do 24º DIP. O autônomo foi autuado em flagrante por venda ilegal de produtos medicinais. 

Eduardo Paixão reiterou o compromisso com o consumidor e disponibilizou números para denúncias. “É importante que a população denuncie esse tipo de irregularidade, que fere as relações de consumo. Nossos números de telefone são (92) 99962-2731 e 3214-2264. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu a autoridade policial.

Publicidade
Publicidade