Sábado, 25 de Maio de 2019
Manaus

Trezentas ruas recuperadas em 15 dias em Manaus

As atividades, que compreendem serviços como desobstrução de caixas coletoras, recuperação de drenagens profundas, limpeza de caixas, contenções e tapa-buracos, fazem parte das ações emergenciais da secretaria e constam no Relatório Geral de Ruas Concluídas



1.jpg
Seminfh faz trabalho de recuperação de vias em Manaus
16/01/2013 às 21:51

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminfh) , por meio da Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos, concluiu os reparos de 349 ruas localizadas nas seis zonas da cidade no período de 2 a 12 de janeiro.

As atividades, que compreendem serviços como desobstrução de caixas coletoras, recuperação de drenagens profundas, limpeza de caixas, contenções e tapa-buracos, fazem parte das ações emergenciais da secretaria e constam no Relatório Geral de Ruas Concluídas.

Das 349 ruas concluídas, 101 vias foram atendidas somente com serviços de tapa-buracos.Constam no relatório as principais vias da capital amazonense atendidas nestes primeiros dias, como as avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, nas zonas Centro-Sul e Centro-Oeste, avenida Desembargador João Machado, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, localizada no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste, avenidas Camapuã e Noel Nutels, no bairro Cidade Nova, Zona Norte, e a rua dos Barés, no Centro.

Esta última foi uma das mais prejudicadas pela enchente do rio Negro no ano passado, afetando diretamente o comércio do local.O Centro histórico e expandido foi o local escolhido para o início das ações. A avenida Lourenço Braga, na Manaus Moderna, recebeu os serviços no dia 2 de janeiro. Para o oficial aposentado José Jaime, que freqüenta a Feira da Panair, as ações melhorarão o tráfego de veículos pesados no local, além de levar progresso à área.

“É um bom trabalho que está sendo feito e que o prefeito prometeu durante a campanha. Vai melhorar muito, principalmente porque temos veículos pesados que trazem peixe, banana, para a feira. O trabalho tem que avançar sempre. Se eles derem continuidade, será ótimo para a população. Eu aprovo”, salientou.

A ação emergencial de tapa-buracos acontecerá nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito Artur Neto. Neste primeiro momento, foram beneficiadas as vias do Centro histórico e expandido e as Zonas Norte e Leste – consideradas as mais críticas.As ruas foram mapeadas por meio de um estudo realizado pelas divisões distritais de todas as áreas. A prioridade, neste período, são corredores viários por onde passam ônibus. Com a chegada do verão, serviços mais complexos, como drenagem profunda e terraplanagem serão realizados.

O secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, Hissa Abrahão, ressaltou que a operação é de cunho emergencial. “Não temos a pretensão de asfaltar toda a cidade em tão pouco tempo, mas queremos fazer o serviço básico e urgente”, afirmou.

Com informações da assessoria da Seminfh.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.