Domingo, 19 de Maio de 2019
Manaus

Tribunal do Amazonas explica aumento estupendo dos salários de servidores

Folha de pagamento da Justiça Eleitoral do Amazonas mostra aumento de salários no mês de outubro de 2012 durante as eleições



1.gif
Alto volume de extras no TRE-AM é explicado pelo aumento da carga de trabalho
17/01/2013 às 09:31

O coordenador de Pessoal do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE–AM), Raniere Cordeiro Martins, explicou, nesta quarta-feira (16), por meio da assessoria de imprensa do órgão, que por causa de pagamentos de antecipação de férias e de horas extras, servidores da tribunal podem receber salário igual ao de ministro do Supremo Tribunal Federal: R$ 26,7 mil.

Matéria publicada por A CRÍTICA, nesta quarta-feira, mostrou que, no mês de outubro de 2012, durante as eleições, funcionários do TRE-AM praticamente quadruplicaram seus salários com o recebimento de “vantagens eventuais”, como, por exemplo, horas extras. Por conta de tais “vantagens”, um técnico judiciário, lotado na assessoria de comunicação do órgão, obteve naquele mês rendimentos de R$ 26,7 mil.

Com um salário de R$ 6,8 mil, o técnico judiciário recebeu em outubro do ano passado mais R$ 21,1 mil na remuneração a título de “vantagens eventuais”. Um plus 3,9 vezes o valor dos vencimentos do servidor.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.