Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Manaus

Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas faz balanço geral da eleições deste ano

Segundo o TRE/AM, somente 20 urnas foram substituídas no AM, o menor número em todo o território nacional. Para PC, o segundo turno do pleito foi mais tranquilo que o primeiro



1.jpg Coletiva realizada pelo TRE/AM na tarde deste domingo (26)
26/10/2014 às 18:40

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) divulgou na tarde deste domingo (26) que somente 20 urnas foram substituídas no AM, o menor número em todo o território nacional. O órgão também fez um balanço sobre os crimes eleitorais registrados no Amazonas, bem como informações gerais sobre o pleito no Estado. 

Crimes no interior

Em Tabatinga, a 1,105 Kms de Manaus, dois peruanos, um deles menor de idade, foram detidos pela Polícia Federal (PF) de posse de R$ 63 mil em espécie, bem como uma quantidade não especificada de substância entorpecente. O tenente-coronel Helliton Levy disse que é impossível afirmar, a esta altura, se a ocorrência é de natureza eleitoral. 

Além disso, em Lábrea, município localizado a 605 kms da capital, dois assessores do Prefeito da cidade foram presos sob suspeita de transporte irregular de eleitores. Eles são suspeitos de transportar 200 pessoas da área rural para votar na cidade em caminhões.


Ações da PC

De sua parte, a Polícia Civil disse ter apreendido aproximadamente R$ 89 mil e 436 litros de gasolina em casos de suspeita de compra de votos. O órgão também confirmou a apreensão de Álvaro Melo, marido da ex-diretora do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por porte ilegal de arma. Ele foi detido na escola Estelita Tapajós, localizada no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus, pela Polícia Civil. O caso já foi encaminhado para a Polícia Federal, que negou a prisão e disse que a "história não passa de boato".

A PC registrou, ao todo, 37 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e 14 prisões relativos a crimes eleitorais. O juiz eleitoral Henrique Veiga afirmou que foram apreendidos, em todos os meses de campanha, cerca de 35 mil quilos de material de propapaganda eleitoral irregular.

Apesar dessas ocorrências, o Delegado da PC Émerson Negreiros, afirmou que o segundo turno foi mais tranquilo que o primeiro, o que foi reiterado pela Polícia Militar, que informou que nenhum homicídio foi registrado neste domingo (26).

*com informações da repórter Rosiene Carvalho

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.