Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
TRANSPORTE INUSITADO

Trio é preso após usar transporte por aplicativo para realizar arrastões em Manaus

Os suspeitos pediam para o motorista parar o carro no meio da corrida e desciam para realizar assaltos. Ao terminar os assaltos, eles ainda pagaram o valor da viagem de R$ 17



bb4ee329-487c-4fa7-a3d0-ad931d8341a5_0387265C-2CC3-4278-B864-8D171EDA0522.jpg Foto: Sandro Pereira
23/05/2019 às 19:24

A Polícia Militar prendeu, na tarde desta quinta-feira (23), um trio suspeito de realizar arrastões por Manaus utilizando um serviço de transporte por aplicativos para se locomover entre os locais de assalto. Jaqueline Pereira, 27, Leonardo Trindade, 20, e Samuel Araújo, 18, foram presos após o motorista ter levado a polícia até eles.

Conforme informações da Polícia Civil, Jaqueline havia pedido um carro pelo aplicativo por volta do meio-dia, no conjunto Castanheira, na Zona Leste de Manaus, alegando ao motorista Danilo Silva dos Santos que iria à maternidade Nazira Daou, no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital, com seu suposto marido. Porém, Leonardo e Samuel entraram no veículo.



Ainda segundo a PC, no meio do caminho os suspeitos disseram para o motorista alterar a rota para o conjunto Mutirão, no Novo Aleixo. Ao chegar na frente a uma lan-house, os dois homens desceram do carro e tentaram frustradamente assaltar o local, que estava fechado para almoço.

“Não satisfeitos, eles seguiram em frente na rua e avistaram um grupo que fazia uma ação para uma empresa de telefonia na rua 29 do Conjunto Mutirão. Mesmo sem armas, eles anunciaram o assalto e levaram cinco celulares”, comentou o delegado Jander Mafra, titular do 6º Distrito Interativo de Policia (DIP).

Mesmo após utilizar o transporte inusitado para realizar os assaltos, os suspeitos resolveram ser “generosos” com o motorista do aplicativo e pagaram, em dinheiro, a conta da corrida, no valor de R$ 17.

O grupo de cinco pessoas vítimas do assalto entrou em contato com a polícia que localizou o motorista. Eles foram levados até o local onde o trio encerrou a corrida, na casa do casal, que fica na rua Itaí, no Mutirão.

O caso foi levado ao 6º DIP, onde as investigações terão prosseguimento.

*Por Marcos Lima. 

 

 

 

 

 

 

 

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.