Publicidade
Manaus
DESENVOLVIMENTO

Turismo gera baixo lucro e atividade ainda é pouco explorada no Amazonas

Representantes de municípios do Estado afirmam que setor ainda é amador e não deixa riquezas aos amazonenses. Evento em Manaus discute valorização e potencial das cidades 23/11/2018 às 10:53 - Atualizado em 23/11/2018 às 12:04
Show turismo 47043733 60ea 4b46 b256 ae19fa4c5501
Foto: Euzivaldo Queiroz
Álik Menezes Manaus (AM)

Apesar do Amazonas ser repleto de belezas naturais, culturais e históricas, o turismo no Estado ainda não é explorado de forma profissional e deixa pouco lucro. A afirmação é do presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), Andreson Cavalcante, um dos participantes do 5° Encontro Brasileiro das Cidades Históricas e Patrimônio Mundial, que iniciou ontem e termina amanhã, no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Manaus.

Com o tema “Turismo Sustentável em Desenvolvimento e o Patrimônio Natural”, o encontro reúne representantes dos governos da região Norte, ministros, prefeitos e presidentes de entidades municipais. É a primeira vez que o evento é realizado na região Norte do País.

“O maior desafio é a profissionalização da atividade turística no Amazonas. Hoje, a atividade acontece no Amazonas de forma muito artesanal. Nós não temos aqui um turismo profissional. A atividade aqui acontece de forma tímida, muito modesta e quando se tenta profissionalizar existe ainda resistência muito grande. Tenho certeza que a partir desse encontro novos horizontes surgirão”, disse Andreson Cavalcante, que é prefeito de Autazes.

Para ele, enquanto não houver a união entre governos federal, estadual e municipais para criar caminhos e atrair investimentos para o turismo no Amazonas, a atividade continuará sendo feita de forma amadora, sem deixar riqueza aos amazonenses. Como exemplo, Andreson Cavalcante destacou a pesca esportiva, que é realizada nos municípios do interior do Amazonas por empresas paulistas ou americanas.

Segundo o presidente da AAM, apenas dois municípios amazonenses ganham destaque nacional, enquanto todos os outros têm potenciais e atrativos, mas ainda não são explorados de forma profissional e sustentável.

“No nosso Estado apenas dois municípios têm algum destaque nacional, que é Parintins por conta do Boi-Bumbá e ali é um exemplo exitoso de boas práticas do turismo, e Barcelos, por conta da pesca esportiva, mas todos os demais têm suas vocações e suas potencialidades, que são pouco exploradas”, completou.

Fortalecimento

O diretor de Marketing da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Nickolas dos Anjos Cabral, disse que o evento vem de encontro às ações do Governo do Amazonas de fortalecimento e municipalização do turismo de forma sustentável no Estado.

“Só na área do turismo, o governador Amazonino Mendes investiu mais de 60 milhões de reais e, com isso, fortalecemos as festividades e manifestações culturais. Fizemos a divulgação do Festival de Parintins para toda a América do Norte, que fez com que tivéssemos um dos maiores festivais de Parintins dos últimos anos, e, além disso, divulgamos todos as nossas riquezas, patrimônio natural e outros potenciais turísticos", afirmou.

Infraestrutura

O prefeito de Manaquiri e representante da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) no Amazonas, Jair Souto, ressaltou a importância de infraestrutura para que a atividade seja plenamente desenvolvida. Ele disse que é importante os municípios do interior explorarem de forma responsável as suas riquezas naturais para que esses recursos cheguem de fato aos moradores das regiões, mas ainda é preciso investir em ações de saneamento básico, hotelaria, profissionalização e alimentação. Ainda segundo Jair Souto, o turismo é uma alavanca fundamental para a economia do interior do Amazonas, mas o fortalecimento depende de união.

“Perpassa por um grande planejamento onde todos os atores precisam estar envolvidos, ou seja, o governo federal, estadual e os fundos de financiamentos precisam estar envolvidos tendo uma visão de desburocratizar”, completou o prefeito.

Valorização das cidades

O encontro é uma realização do Governo do Estado, por meio da Amazonastur, Confederação Nacional de Municípios (CNM) e Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM).

O evento pretende ainda valorizar o potencial das cidades e dar continuidade às ações para a construção do Plano Nacional de Gestão do Patrimônio Mundial e o desenvolvimento das cidades históricas.

“O turismo é o futuro próximo. Se hoje o Brasil é o primeiro do mundo em exportação de alguns produtos, nós também podemos ser primeiro do mundo em recepção de turistas. Temos todas as condições porque temos vasto território, belezas naturais e diversidade cultural”, ressaltou o diretor do Ministério do Turismo, Neuswaldo Lima.

Empresa antecipa entradas para o Bumbódromo

Faltando ainda sete meses para o 54º Festival Folclórico de Parintins, a Amazon Best surpreendeu os torcedores de Caprichoso e Garantido ao anunciar o início da venda de ingressos para o acesso ao Bumbódromo ainda para este mês de novembro.

Os torcedores que são associados às agremiações folclóricas terão prioridade nas compras, podendo comprar com exclusividade nos dias 29 e 30, deste mês, acessos para a arquibancada central, arquibancada especial e cadeiras tipo 01 e 02.

Os demais torcedores dos bois bumbás da Ilha Tupinambarana e, claro, aqueles que desejam conhecer o maior espetáculo à céu aberto do planeta, podem realizar a compra já a partir do dia 3 de dezembro.

A empresa busca, com essa nova estratégia de antecipar vendas, oportunizar a ida de um grande público para a festa dos bois de Parintins, oferecendo maior comodidade e planejamento. Os clientes que optarem por um dos serviços ofertados pela Amazon Best poderão parcelar suas compras em até 6 vezes sem juros.

A Amazon Best tem duas sedes. Em Manaus, está localizada na Rua Nova Prata, nº 225, Vieiralves, Zona Centro-Sul. Em Parintins, fica na Rua Vieira Jr, em frente ao porto da cidade.

As vendas dos ingressos também serão feitas por meio do call center (92) 3584-2299/ 2144.

Festival de Parintins

Em 2019, o Festival de Parintins (município distante 369 quilômetros de Manaus) será realizado nos dias 28, 29 e 30 de junho. O Garantido se apresentará em Parintins com o tema “Nós, o povo”. Já o Caprichoso, entrará na arena defendendo o tricampeonato com o tema “Um Canto de Esperança para a Mátria Brasilis".

Publicidade
Publicidade