Publicidade
Manaus
TRANSPORTE

Uber para empresas é opção para economia no transporte em Manaus

Na capital, além do existente transporte de passageiros por meio de aplicativo, está em atividade o Uber for Business, transporte corporativo que pode economizar 40% em custos com funcionários 28/07/2017 às 14:40 - Atualizado em 28/07/2017 às 17:19
Show uber motorista
Uber for Business é uma espécie de transporte corporativo especialmente para empresas
Oswaldo Neto São Paulo (SP)

Com mais de 13 milhões de usuários ativos no Brasil solicitando viagens por meio do aplicativo, a Uber se lançou no mercado mundial com opções que vão além de levar a buscar passageiros. Uma delas, disponível para a capital desde o ano passado, é o Uber for Business, uma espécie de transporte corporativo especialmente para empresas. Segundo a Uber, a economia pode ser de até 40% com custos de deslocamento comparada ao transporte privado ou táxi.

“A viagem corporativa fica registrada e se torna uma plataforma de automação. Isso tudo por meio da tela do computador”, explicou o gerente de comunicação da Uber, Pedro Prochno.

Segundo ele, o sistema possibilita relatórios automatizados, centraliza pagamentos em um único cartão, define horários de viagens e acesso em tempo real aos percursos realizados pelos funcionários de qualquer empresa. Em Manaus, o serviço está disponível desde 2015, no entanto, não é acessado por meio do aplicativo, e sim pelo site uberparaempresas.com.br. A Uber não fornece levantamento de quantas empresas utilizam o sistema.

A Uber também mantém segredo sobre a quantidade de motoristas parceiros presentes na capital. “Isso muda diariamente e o tempo todo”, sustenta o gerente da Uber na Região Norte, Henrique Weaver. O pagamento em dinheiro foi disponibilizado na capital na segunda-feira (24).  

Vários tipos de ‘Uber’                                                    

Durante apresentação para jornalistas em São Paulo, integrantes da Uber fizeram uma exposição de projetos tanto funcionamento quanto em estudo para os próximos anos a nível nacional e regional.

O primeiro deles é o Uber Pool, sistema compartilhado de viagens que está em atividade em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Nesse modelo, o motorista da Uber transporta passageiros para o mesmo destino. A ideia é reduzir o índice de carros nas ruas dando confiança e segurança aos usuários.

Outra novidade é o UberEats, serviço que promete fazer um intermédio entre refeições, entregadores e clientes. Atualmente, o aplicativo está disponível apenas em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Uma das representantes da Uber, Gabriela Manzini, explicou que o sistema traz benefícios não encontrados no mercado de aplicativos de comida. “Ele dá acesso à solução de restaurantes diferentes. É uma tecnologia que aproxima pessoas com gostos parecidos, além de dar um controle de fluxos para o dono do restaurante”, disse ela, explicando que o serviço não tem previsão para chegar a Manaus.

Outra criação é o Uber Eventos, que oferece desconto para convidados em festas a partir de um controle de tempo e lugar, e o Uber Freight, o qual permite a interação entre motoristas de caminhão para o transporte de cargas a longa distância. Este último foi lançado há dois meses nos Estados Unidos e ainda não chegou ao Brasil.

A Uber também mostrou projetos ousados a serem implementados nos próximos anos. Entre eles está a utilização de carros autônomos nas cidades brasileiras, ou seja, que não utilizarão motoristas e serão guiados pela tecnologia fabricada ela empresa. Também está em estudo a fabricação de carros voadores movidos a motores elétricos. A previsão é que até 2023 a capital paulista receba os primeiros testes.

Publicidade
Publicidade