Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
image006-9.jpg
publicidade
publicidade

UNIVERSIDADE

Ufam e UEA suspendem aulas em Manaus devido a greve dos rodoviários

As administrações das duas universidades tomaram a decisão para não prejudicar os alunos que não conseguirem chegar aos campi


04/06/2018 às 14:23

As administrações da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) suspenderam as aulas nos campi de Manaus devido a greve dos rodoviários, que hoje completou sete dias. Desde o início da manhã houve paralisações da frota de ônibus no Terminal 4, no Jorge Teixeira, protestos violentos da população incendiando e apedrejando coletivos e, inclusive, confronto com a Polícia Militar.

A suspensão na Ufam afeta apenas as aulas de hoje, segunda-feira (4), nos períodos vespertino e noturno. O objetivo, segundo a universidade, é evitar prejuízos aos alunos que não conseguirem chegar ao campus devido à escassez de transporte coletivo. Entretanto, as atividades administrativas e essenciais funcionarão normalmente. A previsão é que as aulas voltem a acontecer já nesta terça-feira (5), “tão logo a situação se normalize”.

Já pela UEA a suspensão vale tanto para hoje quanto para as atividades marcadas para amanhã, terça-feira (5). A exceção são atividades essenciais e/ou de natureza contínua, como internato dos cursos de Saúde em Manaus, Policlínica Odontológica e Núcleo de Prática Jurídica. Segundo a UEA, a suspensão continua “até que se encerre a greve dos transportes públicos urbanos na cidade de Manaus”.

publicidade
publicidade
Presidente do Sinteam explica reivindicações dos professores em greve
Em terceiro dia de greve, professores do AM fazem protesto em frente à Seduc
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.