Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Assalto

Um estudante permanece internado após ser esfaqueado dentro de escola em Manaus

Três alunos foram esfaqueados durante assalto a uma escola na Zona Leste. Deles, dois receberam alta hospitalar e apenas um permanece hospitalizado após passar por cirurgia



24/05/2016 às 17:22

Um estudante ainda permanece hospitalizado em Manaus após ter sido esfaqueado durante um assalto a uma escola na Zona Leste da cidade, ocorrido na noite de ontem, na Escola Estadual Vasco Vasques, no Jorge Teixeira. Três alunos foram esfaqueados e, desses, dois já receberam alta hospitalar.

O aluno ainda internado no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo é Aurio dos Santos Bezerra, 18, que levou uma facada na coxa direita e uma no braço. Ele passou por um procedimento cirúrgico e o quadro de saúde dele é estável. Os estudantes Adriene Souza Bentes, 21, atingida por duas facadas nas costas, e Erick Eduardo dos Santos, 17, esfaqueado no braço direito, receberam alta.

Depoimentos

Os estudantes esfaqueados e também outros alunos, vítimas de agressões físicas, prestaram depoimento no 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP) na manhã desta terça-feira (24). O estudante esfaqueado Erick Eduardo, de 17 anos, conversou com a reportagem e contou que no início pensou que o assalto fosse brincadeira, pois um dos suspeitos estava vestindo o uniforme da escola e usava um boné.

“Os outros dois estavam com essas blusas brancas que usamos também como farda e outra camisa amarrada no rosto que deixa só os olhos descobertos. Eles mandaram todos deitarem no chão e pediam o celular. O rapaz que estava com o boné pediu meu celular e eu disse que estava na bolsa (dos assaltantes), depois veio mais um querendo o celular e, como disse que já havia entregado e que não estava comigo, ele me esfaqueou nas costas”, contou.

Com o trauma, muitos dos alunos que prestaram depoimento informaram que não retornarão à escola nesta semana. “Não consegui nem dormir e estou apavorada com tudo o que aconteceu na noite de ontem. Estamos entregues sem segurança”, disse a aluna Railda Bento de Souza, 20.

Railda informou que estuda na sala de aula ao lado de onde ocorreu o assalto e que assim que eles ouviram os gritos, colocaram várias cadeiras para segurar a porta. Os suspeitos tentaram invadir, mas não tão seguiram e foram embora.

Câmeras

As câmeras de segurança da escola podem ajudar a Polícia Civil a identificar quem os três infratores. “Foi um roubo consumado. Entraram numa sala de aula, roubaram pertences de alguns alunos”, disse o delegado Raphael Campos, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP). “Pelas informações que temos, três alunos foram feridos nessa ocorrência de arma branca. Ainda estamos coletando informações”.

Conforme a pedagoga da escola, Silmara Monteiro, as imagens das câmeras da escola mostram o momento em que três homens pulam o muro do prédio da escola e invadem a sala de aula. “A polícia está investigando todo o caso, até para saber se os suspeitos fazem parte do nosso quadro de aluno”, comentou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.