Sábado, 04 de Julho de 2020
TEMPO DE AJUDAR

 UniNorte investe em ações solidárias durante a pandemia de Covid-19

 Para auxiliar no combate ao coronavírus, Instituição de Ensino faz doações, oferta atendimento psicológico e abre as portas para treinar profissionais de saúde



Doa__o_Sejusc_8642AA97-BF75-40C4-9EB7-807AB50EF62A.jpg Foto: Divulgação
29/05/2020 às 13:56

No momento desafiador pelo qual o mundo está passando, estender a mão para ajudar a comunidade faz a diferença. A UniNorte, instituição mantida pelo grupo Ser Educacional, acredita nessa missão e investiu em uma série de ações solidárias para contribuir na luta contra o Covid-19. O resultado são doações e serviços que beneficiam milhares de pessoas que enfrentam a pandemia em Manaus.

A Escola de Saúde da UniNorte iniciou em março a produção do próprio álcool em gel em laboratório. O intuito era produzir apenas para consumo interno, mas logo a iniciativa ganhou repercussão e a Instituição foi procurada por entidades interessadas no álcool. Ao todo, foram fabricados 250 litros, que foram doados para casas de idosos de Manaus por meio de uma parceria com o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania. Além do público da terceira idade, imigrantes atendidos pela Paróquia São Geraldo também receberam doação do álcool em gel.



Atendimento psicológico online

Desde abril, a UniNorte disponibiliza o serviço de atendimento psicológico online gratuito para a população. O serviço foi pensado para promover a saúde mental e amenizar os sofrimentos psíquicos causados pela situação de isolamento social, como tristeza, ansiedade e depressão. Dez psicólogos do Centro Universitário realizam o acolhimento de forma individual, por meio de videochamada.

Mais de 400 pessoas procuraram o serviço no primeiro mês de funcionamento. Os interessados devem preencher o formulário online que consta no site da Instituição.

Projeto Acolher é Preciso

A UniNorte é uma das parceiras da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania no projeto “Acolher é Preciso”, que oferece acompanhamento psicossocial para pessoas em situação de isolamento social. Psicólogos da UniNorte fazem o atendimento online e especialistas da Instituição participam de lives que levam informações, dicas e apoio psicossocial às pessoas em quarentena, especialmente idosos, pessoas com deficiência (PcDs), mulheres e crianças.

As lives consistem em atividades pedagógicas para as crianças e jovens, dicas de como manter a saúde mental nesse período e atendimento individual por técnicos da psicologia e serviço social utilizando videochamadas.

Capacitação dos profissionais da saúde

A UniNorte abriu os seus laboratórios de simulação realística para o treinamento de profissionais da saúde que vão atuar na linha de frente do atendimento a pacientes com coronavírus. Ao todo, 730 profissionais passaram pelo treinamento de manejos de vias aéreas e uso correto do Equipamento de Proteção Individual (EPI) para evitar a contaminação com o vírus.

Para isso, contaram com a estrutura de ponta dos laboratórios da UniNorte, equipados com manequins automatizados capazes de reproduzir, por meio de cenários clínicos, experiências reais de pacientes enfermos. A UniNorte foi procurada pois é a única Instituição de Ensino com um centro de simulação realística completo e com capacidade para receber o treinamento nessa escala.

A capacitação foi realizada por meio de parceria com a Comissão de Residência Médica do Estado do Amazonas (Cermam) e o Ministério da Saúde.

“Cada ação realizada pela UniNorte foi feita pensando no compromisso que temos com a sociedade e no senso de responsabilidade social que temos como Instituição. Seja por meio de doações, parcerias ou abrindo as portas para capacitar profissionais, estamos sempre pensando no melhor que podemos oferecer para a população nesse momento tão delicado. Assim, colaboramos com a sociedade no que for preciso”, afirmou Nilzete Santiago, reitora da UniNorte.


Segundo a reitora Nilzete Santiago, a UniNorte tem a sociedade como prioridade. Foto: Divulgação

Diferenciais

Para garantir o ensino de qualidade e o atendimento ao público mesmo com a suspensão das atividades presenciais, a UniNorte adotou medidas essenciais para dar continuidade à sua missão de educar. A principal deliberação foi a adoção do regime letivo remoto, onde as aulas ocorrem numa plataforma online, ao vivo, no mesmo horário e com os mesmos professores das aulas presenciais.

Plataforma online

O grupo Ser Educacional investiu na melhor plataforma, o Microsoft Teams, para que os professores pudessem realizar suas aulas ao vivo. O sistema tem diversas funções essenciais para o mercado de trabalho e para o setor de educação, com um ambiente centralizado e integrado de compartilhamento de informações. Nela, é possível criar times e agregar processos de organização e fluxo de trabalho para que as coisas aconteçam de maneira rápida e efetiva.

Canais de atendimento online

A UniNorte disponibilizou alguns canais online para atender a comunidade acadêmica no período de isolamento social: um chat exclusivo para resolver questões administrativas; uma sala virtual com os tutores das disciplinas EAD para resolver todos os problemas de acesso e um número de WhatsApp para questões financeiras. Assim, os alunos têm suas demandas atendidas com segurança.

Educred

Para ajudar os alunos que estão em situação de desemprego ou tiveram perda na renda familiar por causa da pandemia, a UniNorte agora oferece o financiamento do Educred, em que o aluno pode financiar até 80% do valor do semestre e só paga quando finalizar o curso.

“O uso do regime letivo remoto é uma alternativa essencial para garantir a apropriação dos conhecimentos, mantendo o estudante em permanente contato com a Instituição de Ensino durante o período de afastamento social. Com o uso de tecnologias da informação e metodologias ativas, os alunos da Uninorte participam das aulas virtuais usando várias ferramentas disponíveis, desde podcast até seminários online. Como professora, é um desafio, mas também uma oportunidade de explorar outras formas de ensinar”, explicou a professora da Escola de Exatas, Jéssica Oliveira.


Jéssica Oliveira é professora da Escola de Exatas da UniNorte. Foto: Divulgação

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.