Publicidade
Manaus
Manaus

Universitários de Tapauá continuam protesto contra o prefeito do município

Os estudantes buscam a resolução para o atraso de três meses no pagamento da bolsa auxílio que é paga pela prefeitura do município aos estudantes nascidos em Tapauá 21/10/2013 às 12:12
Show 1
Os universitários promovem a manifestação pacífica exigindo do prefeito Almino os pagamentos atrasados da bolsa de auxílio no valor de R$ 1,2 mil
Natan Gaia ---

O Prefeito de Tapauá (distante 448,5 quilômetros de Manaus), Almino Albuquerque (PSD), esteve na manhã desta segunda-feira (26), na representação do município na capital, localizada no bairro Parque 10, Zona Centro-Sul. De acordo com os estudantes que estão acampados em frente ao local, o prefeito teria rasgado os cartazes dos universitários. Eles estão na representação desde a última quarta-feira (21) e protestam contra o não pagamento de uma bolsa-auxílio que os mantém estudando em Manaus.

Os estudantes estiveram em reunião na última semana com o sobrinho do prefeito de Tapauá, José Daniel Albuquerque Carneiro, e com o Presidente do TCE, Erico Desterro, mas segundo eles nada foi resolvido.   

De acordo com o líder do movimento, o estudante de medicina, Maron Abílio, a manifestação é pacífica e eles só esperam um resposta do prefeito e a resolução do caso o mais rápido possível. “Em nenhum momento pensamos em vandalismo e desordem só estamos lutando por um direito que é nosso. Dependemos desse benefício para viver em Manaus”, contou o universitário.

A representação do município em Manaus não quis se pronunciar sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade