Publicidade
Manaus
Manaus

Usuário de drogas é assassinado em suposto acerto de contas com traficantes, no bairro Alvorada

Suspeito do crime estaria encapuzado, mas deixou cair no local do crime um título de eleitor, documento que pode ajudar a polícia a identificá-lo. Policiais civis da DEHS investigam o caso 27/10/2014 às 11:52
Show 1
Crime ocorreu na rua Independência, conjunto Prosamim, Alvorada 1, Zona Centro-Oeste de Manaus
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

Higor Rodrigues Ribeiro, de 23 anos, também conhecido como “Todinho”, foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (27), no bairro Alvorada 1, Zona Centro-Oeste de Manaus. Por volta das 7h30, ele andava na rua Independência do conjunto Prosamim, próximo à escola de samba Alvorada, quando foi surpreendido pelo assassino, que saiu um carro e efetuou oito disparos.

Do total, apenas três tiros atingiram Higor. Após matá-lo, o assassino fugiu no veículo em que estava, um Chevrolet Prisma de cor preta, mas placas não identificadas. Segundo o tenente Sandro, da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o suspeito estava encapuzado, entretanto, ele teria deixado cair no local um título de eleitor, documento que pode ajudar a polícia a identificá-lo.

Conforme moradores, Higor era usuário de drogas, o que sustenta a tese de que ele tenha morrido em suposto acerto de contas com traficantes. No site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), o nome dele é citado como réu em um processo por portar 15 trouxinhas de drogas para consumo pessoal, entre maconha e cocaína, em outubro de 2013.

Diversas pessoas testemunharam o assassinato e foram levadas para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para prestar depoimento, local por onde o caso deve ser investigado. O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo de Higor e familiares devem promover o velório dele ainda nesta segunda-feira.

*Colaborou a repórter Joana Queiroz

Publicidade
Publicidade