Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
AUMENTO

Usuário vai pagar R$ 3,30 pela passagem de ônibus em Manaus a partir de sábado

Aumento foi anunciado pelo prefeito em exercício Marcos Rotta, dizendo que a Prefeitura levou em consideração a crise econômica



WhatsApp_Image_2017-01-26_at_10.20.50.jpeg
Anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (Foto: Antônio Menezes)
26/01/2017 às 10:37

R$ 3,30. Este é o novo valor da tarifa de ônibus em Manaus para o usuário.  O valor foi anunciado na manhã desta quinta-feira, pelo prefeito em exercício Marcos Rotta, e vale a partir de sábado. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação, a tarifa técnica é de R$ 3,55, cabendo à Prefeitura de Manaus o pagamento de R$ 0,25 por tarifa. A tarifa de R$ 3,54 é desejada pelos empresários desde abril de 2016, quando o aumento foi autorizado pela Justiça e, posteriormente, brecado. 

"Temos a garantia da renovação da frota gradual, e pacificação do sistema por parte dos rodoviários, que nos garantiram que não haverá mais paralisações", afirmou Marcos Rotta, ao anunciar o novo valor da tarifa. Segundo ele, os estudantes vão continuar pagando R$ 1,50 pela meia-passagem.

Questionado sobre o subsídio que será pago às empresas de transporte coletivo, o prefeito em exercício afirmou que os empresários receberão do poder público municipal R$ 5 milhões por mês. "É um cenário difícil, de cortes profundos, estamos  trabalhando numa ampla reforma administrativa, ele (Artur) está trabalhando pessoalmente nisso e definindo os pontos ajustados. E vamos continuar subsidiando o sistema diante de todos esses aspectos, em R$ 5 milhões por mês".

Em julho do ano passado, a Prefeitura divulgou que iria passar a custear, de maneira integral, os subsídios que caberiam à Prefeitura de Manaus e ao Governo do Estado. Os valorias seriam de R$ 1,3 milhão por mês do poder municipal, e R$ 1,3 milhão do Executivo Estadual. Com isso, a PMM passou a pagar R$ 2,6 milhões às empresas. Com a nova realidade, o subsídio pago às empresas praticamente dobra. 

Pressão deu certo

O anúncio da nova tarifa do transporte coletivo acontece uma semana depois que os rodoviários fizeram uma greve que durou mais de dez horas e e paralisou 100% da frota na cidade.  Os trabalhadores cobravam o dissídio coletivo do ano passado, que ainda não foi pago, mas os empresários diziam que não tinham como repassar o aumento sem o reajuste no valor da tarifa.

As negociações entre Prefeitura de Manaus, empresários e trabalhadores foram retomadas após o fim da greve. As negociações foram conduzidas pelo vice-prefeito Marcos Rotta, uma vez que o prefeito Artur Neto se ausentou da cidade em todo o momento de definição da nova tarifa.

A justificativa oficial para a ausência do prefeito em momento tão crucial para a cidade era a visita à Colômbia para conhecer o sistema Bus Rapid Transit (BRT) de Medellín, que serviria como modelo para a cidade de Manaus. No entanto, segundo a própria Secretaria Municipal de Comunicação, os compromissos encerraram no último dia 21 (sábado).

Aplicativo

A Prefeitura de Manaus aproveitou a ocasião da divulgação da nova funcionalidade disponibilizada aos usuários de transporte público, o aplicativo 'Cadê meu Ônibus'. Segundo o secretário de Comunicação, Marcos Santos, o app já está disponível para o sistema Android e na próxima semana estará disponível para dispositivos Apple.

A ideia do aplicativo é monitorar os ônibus para  que o usuário possa saber quanto tempo o coletivo irá demorar para chegar até a parada. De acordo com Marcos Santos, todos os ônibus da cidade são dotados de GPS, o que permite que a consulta seja imediata e dê um resultado em tempo real sobre a localização do coletivo.

Em agosto do ano passado, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) afirmou que o aplicativo já estava em fase de testes e que seria lançado ainda em novembro. No entanto, só agora ele é disponibilizado a população.

*Com informações da repórter Luana Carvalho


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.