Publicidade
Manaus
Manaus

Van escolar é notificada por rodar com pneus carecas, durante blitz "Volta às aulas", do Detran-AM

O veículo que faz transporte escolar foi flagrado com o pneu careca durante a fiscalização, que visa a segurança das crianças nas áreas próximas às escolas 26/01/2015 às 10:41
Show 1
Escolas particulares começaram o ano letivo hoje (26)
Perla Soares Manaus-Am

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) realizou uma blitz educativa de "volta às aulas" na manhã desta segunda-feira (26), em frente ao Centro Educacional Adalberto Valle, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus. De acordo como diretor do Detran-AM  Leonel Feitoza, a blitz tem como objetivo orientar pais, professores e alunos a atravessar nas faixas de pedestres e alertar como prevenir acidentes de trânsito. “Nossa maior preocupação é a segurança das crianças no ir e vir da escola”, destacou Leonel.

A ação contou com a equipe de Gerência de Educação para o Trânsito do Detran, que distribuiu folhetos educativos. A previsão é de que a intervenção também seja realizada em outras escolas da cidade.  A ação marcou o início da "Operação Volta às Aulas" e o retorno das férias dos alunos de algumas escolas particulares. Durante a ação, pais e estudantes receberam orientações de como proceder no perímetro escolar.

Um veículo que fazia transporte escolar foi notificado no primeiro dia da operação. Uma van estava como pneu careca, o condutor foi obrigado a trocar o pneu e, o estepe, apreendido pelo Detran. “Essa troca tem que ser feita logo quando o condutor observar que o pneu necessita ser trocado e não aguardar que o pior aconteça”, afirmou o diretor do Detran. 

Além disso, também foram alvo de fiscalização pessoas que não estavam usando o cinto de segurança. Foram verificados extintores de incêndio, itens de segurança, cadeirinhas e assento para crianças acima de sete anos, habilitação do condutor e documentação do veículo. “Sem esses itens a multa pode ser aplicada, e o valor de cada multa varia de acordo com a infração, o que também pode levar à apreensão do veículo”, afirmou o diretor do Detran.

Publicidade
Publicidade