Publicidade
Manaus
Perícia

Veículo envolvido em acidente na Avenida do Turismo era viatura da Polícia Federal

O delegado da Polícia Federal Rafael Ballagnol informou que eles também são responsáveis por fazer a perícia no local do acidente 29/09/2016 às 17:43 - Atualizado em 29/09/2016 às 17:48
Show carro preto
Logan preto de placas PHJ 9613 é viatura descaracterizada da Polícia Federal. Foto: Winnetou Almeida
Isabelle Valois Manaus

O veículo envolvido no acidente em que um homem identificado como Hans Miller, de 27 anos, morreu nesta quinta-feira (29), na Avenida do Turismo, em Manaus, um Logan preto de placas PHJ 9613, era uma viatura descaracterizada da Polícia Federal. Por isso, o delegado da PF Rafael Ballagnol informou que eles também são responsáveis por fazer a perícia no local do acidente.

“Solicitamos que testemunhas compareçam a sede da Polícia Federal para prestar depoimento sobre o acidente e também solicitamos as imagens do Copacabana que nos auxiliará no inquérito”, disse o delegado.

Miller era filho único de um sargento da Polícia Militar e morava com a mãe no Campos Sales. Conforme um amigo da vítima, Allan Rodrigues, 23, a mãe de Miller, soube do acidente por meio de conhecidos que passavam de ônibus no momento do acidente e a ligaram informando. “Ela entrou em desespero, pediu para um vizinho que tem uma moto a levá-la no local, até então não sabíamos que ele tinha morrido”, contou.

Testemunhas disseram que quando a mãe de Miller chegou ao local do acidente, saiu correndo por meio da via, olhou para o carro e se desesperou quando viu que o filho estava engatado na parte da frente do outro veículo. “Ela acreditava que ele ainda estava com vida, o abraçou e ficou pedindo para que ele acordasse. Nunca tinha visto o desespero de uma mãe ao perder o filho”, comentou o frentista Mauro Pereira, que presenciou todo o fato.

Publicidade
Publicidade