Publicidade
Manaus
Manaus

Vendas do Dia das Crianças ficam abaixo do esperado, em Manaus

Mesmo com expansão de 3% e R$ 40 milhões movimentados, o comércio local não alcançou a expectativa da CDL-Manaus 18/10/2014 às 10:10
Show 1
Consumidores foram às lojas, mas o índice ficou abaixo do projetado
Álik Menezes (especial para A CRÍTICA) Manaus (AM)

As vendas na semana que antecedeu o Dia das Crianças e que prometiam aquecer o comércio em Manaus ficaram abaixo das expectativas. A data injetou R$ 40 milhões na economia local, um crescimento de 3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Entretanto, a expansão nas vendas ficou abaixo dos 3,5% projetados na semana passada pela Câmara dos dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus).

Mesmo com o resultado (0.5 ponto percentual abaixo do esperado), de acordo com o presidente da entidade, Ralph Assayag, o índice de expansão ficou dentro do previsto. “Foi um pouco a menos em relação aos R$ 41,4 milhões projetados pela pesquisa, mas ainda assim, alcançar um resultado positivo diante do cenário econômico ruim que enfrentamos, nos deixa satisfeitos. O movimento nas lojas foi dentro do que esperávamos”, avaliou.

Impulso

Para o vice-presidente da Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomercio), Aderson Frota, a atividade comercial não estava tão bem nos meses anteriores, mas datas comemorativas impulsionam o comércio. “Esse ano estava complicado para o comércio. Iniciamos o ano bem, mas depois tivemos uma queda nas vendas para todos os setores. Mas, datas comemorativas são responsáveis por alavancar o faturamento”, disse.

De acordo com Frota, os três últimos meses do ano são os melhores para o comércio com destaque para lojas de roupas e brinquedos.

Cenário Já para o disseminador de informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE-AM) Adjalma Nogueira, o comércio tem pouco tempo para se recuperar. “Até o momento, fatores como endividamento e inflação alta atrapalham esse objetivo”, destacou

Lojistas do segmento comemoram

Mesmo com o resultado mais tímido para a economia local, os lojistas do segmento de brinquedos e artigos infantis comemoraram. De acordo com o gerente da loja Hobby Brinquedos, Williams Ramos, Vieralves, o fluxo de clientes aumentou significativamente, principalmente no sábado. “O movimento foi muito bom, aumentou em mais de 20%”, disse.

Na loja Alakazam Brinquedos Inteligentes, Vieralves, o aumento nas vendas, em comparação com o ano passado, foi de mais de 40%. “O resultado foi além do esperado. Vendemos mais de R$ 12 mil”, disse a gerente Jamyla Ferreira.

Publicidade
Publicidade