Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
ILUMINAÇÃO

Vereador pede detalhes sobre instalação de lâmpadas de LED na cidade

Marcelo Serafim pediu da prefeitura mais informações sobre os contratos firmados para a instalação de lâmpadas na cidade e também solicitou as notas fiscais de compra das lâmpadas



show_SERAFIM0333.jpg Vereador afirma que, 2016, quando Artur disputou a reeleição, foi o ano em que a FM mais faturou da Prefeitura: R$ 98,3 milhões
13/06/2017 às 09:33

O vereador Marcelo Serafim (PSB) solicitou, na manhã de ontem, informações à Prefeitura de Manaus sobre os contratos firmados para a instalação de lâmpadas de LED na cidade. Ele também solicitou as notas fiscais de compra de lâmpadas. Na gestão do prefeito Artur, de 2013 até o momento, foram celebrados com a empresa F M Rodrigues contratos que somam o valor de R$ 401 milhões, dos quais já foram pagos R$ 263,8 milhões, conforme dados disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura. 

Em 2015, foi o ano com maior valor de empenho, foram R$ 114,2 milhões, onde foram pagos R$ 82 milhões. Só em 2017, já foram quitados R$ 53,9 milhões à empresa, referentes a contratos que somam R$ 94,1 milhões.
Em 2016, quando Artur disputou a reeleição, foi o ano em que a FM mais faturou da Prefeitura. Foram R$ 98,3 milhões, pagos de um total de R$ 102,3 milhões empenhados.

Os contratos milionários para a instalação das lâmpadas foram colocados sob suspeição pelo vereador, na semana passada, quando disse que era necessário ter informações mais detalhadas sobre os contratos com a empresa F M Rodrigues.



Caso o pedido seja derrubado, o parlamentar pretende acionar a Justiça para obter as informações. “Nós queremos saber os valores gastos com iluminação pública nos anos de 2015, 2016 e 2017 para que possamos fazer um comparativo do que  foi efetivamente gasto, o que aconteceu. Além disso, é fundamental que esse Parlamento tenha acesso aos contratos sociais da empresa de iluminação pública e da empresa que vendeu as lâmpadas. Queremos saber o custo que a Prefeitura teve”, afirmou. 

Na semana passada, o vereador retirou de pauta o requerimento que solicitava da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) as notas fiscais da compra de óleo diesel das empresas de ônibus, após perceber que seria derrubado por vereadores da bancada do prefeito Artur Neto (PSDB). “Estamos apresentando hoje conscientes de que o requerimento não será aprovado e que vistas serão pedidas. Com a rejeição, nós entraremos na justiça, para que ela nos dê as informações necessárias. 

O líder do governo na CMM, Joelson Silva (PSC), disse que o coordenador da Unidade Gestora de Projetos Municipais de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia), Rafael Assayag será convidado à comparecer à CMM para prestar os esclarecimentos. “A administração não tem nada a esconder”, afirmou o parlamentar.

Coordenador silencia

A reportagem pediu um posicionamento do coordenador da Unidade Gestora de Projetos Municipais de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia), Rafael Assayag, sobre as suspeitas a respeito do contrato, mas até o fechamento da matéria não houve resposta. A reportagem tentou entrar em contato com o coordenador através do telefone xxxx-xx54, mas não foi atendida.

 Através de e-mail, o coordenador deu informações apenas sobre o serviço de iluminação de LED em Manaus. Ele informou que 63 bairros receberam o serviço, totalizando 40.862 luminárias até o dia 5 de junho. O bairro Cidade Nova é o que mais recebeu esse tipo de iluminação.  

A instalação das luminárias de LED, segundo Assayag, iniciou em 2014, com 2.493 luminárias instaladas naquele ano, tomando maior força nos anos de 2015 e 2016.
 
Questionado sobre a frequência da manutenção feita do serviço de iluminação pública, o coordenador da UGPM Energia informou que “o contrato da Prefeitura com a Manausluz estipula um valor mensal fixo sobre o pagamento de manutenção. Em 2015, houve manutenção em 31.805 luminárias, uma média de 2.650 por mês. Em 2016, foram 35.195, média de 2.933 por mês. Em 2017, foi expandida a atuação das manutenções onde estão sendo feitas uma média de 5.638 por mês”. 
 
 


 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.