Sábado, 18 de Janeiro de 2020
Manaus

Vereadores de Manaus adiam pela sétima vez a votação dos convocados na 'CPI da Água'

Pela sétima vez, os vereadores adiaram, nesta quarta-feira (11), a votação dos requerimentos com os nomes dos convocados a prestar esclarecimentos para os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da água, por falta de quórum



1.jpg Presidente da CPI da Água, Leonel Feitoza (ao centro), afirma que tem tempo para as audiências e o relatório
11/07/2012 às 16:32

Pela sétima vez, os vereadores adiaram, nesta quarta-feira (11), a votação dos requerimentos com os nomes dos convocados a prestar esclarecimentos para os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da água, por falta de quórum. Após uma reunião de portas fechadas, os parlamentares decidiram que a próxima segunda-feira (16) será o “Dia D” de votações da CPI.

Classificada como um “bate-papo” pelo vereador Joaquim Lucena (PSB) a reunião foi convocada as escuras durante o plenário da CMM. O autor do pedido de CPI e membro da comissão de inquérito, vereador Waldemir José (PT) chegou ao fim da reunião, alegando não ter sido comunicado. “Já havia uma pré-disposição da gente conversar hoje, mas ai eles se reuniram e somente depois eu soube que estava acontecendo a reunião e vim participar também”, conta.



O presidente da CPI conta que “não houve uma reunião secreta, e sim uma reunião informal e extra-oficial. Uma conversa para definir as questões cobradas pela imprensa” como a demora na votação dos requerimentos. Sobre o novo adiamento, Leonel explica que com a ausência de Jeferson Anjos (PV), que alegou a Feitoza questões pessoais, não haveria quórum completo para a votação, como o previsto no regimento interno da Casa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.