Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Manaus

Vereadores esvaziam reunião sobre políticas públicas para o Festival Folclórico do AM

Reunião da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico da CMM, que analisaria as deficiências do Festival Folclórico em Manaus, contou com apenas dois dos 14 vereadores oficiais


26/04/2013 às 18:40

Representantes de organizações que compõe o Festival Folclórico do Amazonas foram a comissão de Cultura e Patrimônio Histórico exigir políticas públicas voltadas ao evento cultural. A reunião, realizada na manhã desta sexta-feira (26), contou com a participação de apenas dois vereadores.

O encontro aconteceu durante a terceira reunião da comissão, comandada pelo vereador Arlindo Jr. (PPL). Além de Arlindo apenas o vereador Everaldo Farias (PV), membro da comissão, participou da reunião. Entre as organizações que enviaram representantes estava a Associação dos Movimentos Bumbás de Manaus (AMBM), Liga Independente dos Grupos Folclóricos de Manaus (LIGFM), Associação dos Grupos Folclóricos do Amazonas (AGFAM), Liga das Quadrilhas Juninas do Amazonas e representantes dos bois-bumbás Garanhão e Brilhante.

A reunião tinha como objetivo recolher as reivindicações dos grupos folclóricos e estudar as possibilidades de transformá-las em projetos de lei.

O presidente da AGFM, Milton Ferreira, ressaltou a necessidade de políticas públicas voltadas a cultura no Amazonas, em especial, ao Festival Folclórico. “É necessário entender que o Festival Folclórico de Manaus está na UTI esperando que um médico vá tirá-la de lá. Vamos para a 57ª edição este ano. Esses anos todos livrando os jovens das drogas e da prostituição, mas sem apoio infelizmente estamos perdendo eles para este mundo”, disse.

Entre as propostas entregues aos parlamentares está o de uma emenda a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que prevê uma verba específica e definitiva ao festival no próximo ano; a criação de uma lei para oficializar os dias do festival e a participação de um representante dos grupos folclóricos nas reuniões que definam as atrações turísticas para a Copa de 2014.

O presidente da comissão, vereador Arlindo Jr disse ainda que irá solicitar ao presidente da Casa, vereador Bosco Saraiva (PSDB), que seja realizado uma audiência pública para discutir o assunto com todos os vereadores, no plenário. A audiência ainda não tem data prevista para acontecer.

Faltas

O vereador Arlindo Jr não soube explicar o porquê os outros cinco vereadores-titulares e sete suplentes não compareceram a reunião. Segundo o parlamentar, todos os vereadores foram convocados, mas nenhum enviou justificativas para faltas.

Compõe a lista de vereadores titulares da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico: Arlindo Jr (presidente), Rozenha (PSD) como vice-presidente, Everaldo Farias, Waldemir José (PT), Luiz Alberto Carijó (PDT) e Dr. Ewerton (PSDB). A sétima e última vaga de titular da comissão está em aberto, pois o vereador Elias Emanuel (PSB), que participava da equipe, solicitou a retirada do nome dele.

publicidade
publicidade
Cassado, vice-presidente da CMM se mantém no cargo por efeito suspensivo
MP abre ação contra 8 vereadores de Tapauá por atrapalharem investigação
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.