Domingo, 15 de Dezembro de 2019
APOIO

Veteranos recepcionam candidatos ao vestibular da UEA com kits e frases de motivação

O grupo é ligado à Federação Internacional de Associações de Estudantes de Medicina. A ação é para amenizar o clima de ansiedade e nervosismo dos candidatos.



WhatsApp_Image_2019-10-27_at_12.06.52_56E0949E-B8AF-4CF9-8873-111B78CC55BA.jpeg Foto: Clóvis Miranda
27/10/2019 às 16:19

Um grupo de 30 estudantes veteranos do curso de Medicina montou uma barraca em frente à Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA), no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, para distribuir garrafinhas de água, saquinhos com balas e mensagens motivacionais aos vestibulandos que compareceram na primeira etapa do Vestibular 2019 da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), ocorrido no início da tarde deste domingo (27).

O grupo é ligado à IFMSA (Federação Internacional de Associações de Estudantes de Medicina), uma organização não governamental que representa associações de estudantes de medicina ao redor do mundo. A atividade é, justamente, para amenizar o clima de ansiedade e nervosismo dos candidatos.



“Esse é o segundo ano consecutivo em que o nosso grupo realiza essa ação. Estamos cumprindo o nosso lema de ‘estudantes de medicina que fazem a diferença no meio social’ dando apoio àqueles que estão correndo atrás de seus sonhos. Muitos estudantes que estão aqui fazendo esse trabalho voluntário estavam ano passado vivendo essa mesma expectativa antes de uma prova. Uma palavra amiga, uma água ou um kit de bombons pode ajudar muitos a se acalmarem mais para fazer uma boa prova”, disse uma das voluntárias, a estudante do quarto período de medicina Alice Cortez, 20.

Foto: Clóvis Miranda

Assim que os portões abriram, ao meio dia, o grupo de voluntários formou um corredor humano para aplaudir a passagem dos vestibulandos ao som de “We Are The Champions”, famoso hit da banda inglesa Queen. Mas um minuto depois que o portão fechou pontualmente, às 13h, a estudante Rejane Arruda acabou ficando do lado de fora. Desolada por perder a chance de ingressar em uma instituição de Ensino Superior, ela, que mora no Nova Cidade, na Zona Norte de Manaus, declarou que o trânsito atrapalhou um pouco e a atrasou.

“Aproveitei para fazer uma revisão rápida pela manhã e saí de casa, mas não contava que iria pegar um engarrafamento enorme no caminho. Não consegui chegar a tempo. Agora é levantar a cabeça e tentar outros vestibulares”, disse Rejane, com a voz embargada, enquanto era consolada pelos voluntários que estavam recebendo os vestibulandos.

News guilherme 1674 2977771b 6b49 41af 859a ef3c3b62eae8
Repórter do caderno de Cidades - Jornal A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.