Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Manaus

Vídeo de luta entre estudantes assusta pais e alunos em Manaus

Além dos dois alunos que se agridem, outros incentivam a continuação do ato que, aparentemente, não apresenta motivo algum e tem “regras” pré-estabelecidas. No fim, um dos alunos recebe uma série de socos e pontapés na cabeça e fica inconsciente



1.jpg Estudante da Escola Estadual Dom Milton Corrêa Pereira registrou a briga entre alunos, em vídeo de baixa resolução com 3 minutos e 14 segundos de duração
03/08/2013 às 13:40

Um vídeo de brutalidade em ambiente escolar está assustando pais e alunos da Escola Estadual Dom Milton Corrêa Pereira, localizada na avenida Rogério Magalhães, 100, Quadra 240, Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. A gravação, que foi feita em aparelho celular por um dos estudantes e publicada numa rede social no dia 24 de julho, mostra dois alunos protagonizando cenas fortes de agressão.

Além dos dois alunos que se agridem, outros incentivam a continuação do ato que, aparentemente, não apresenta motivo algum e têm “regras” pré-estabelecidas pelos envolvidos. No fim, um dos alunos recebe uma série de socos e pontapés na cabeça e fica inconsciente. O vídeo conta com 3 minutos e 14 segundos de duração.

Segundo a mãe de um dos estudantes da escola, que preferiu não se identificar por medo do filho sofrer represálias, a publicação na internet foi feita para que o vídeo chegasse ao conhecimento das autoridades competentes, na esperança de que este tipo de agressão não fique impune.   

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que esta foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu dentro da escola. Ainda segundo a assessoria, após o ocorrido alguns alunos compareceram à diretoria da instituição e relataram o fato para a gestora, Silvana Santos, que chamou uma viatura do serviço Ronda no Bairro. O colégio exigiu a presença dos pais dos dois alunos envolvidos na briga registrada, porém apenas a mãe de um deles compareceu e solicitou a transferência do filho para não expô-lo aos colegas.

Monitoramento
A Seduc informou que, até o final deste mês, irá padronizar o esquema de segurança em todas as 230 escolas estaduais da capital, que passarão a contar com monitoramento eletrônico e com profissionais especializados no controle de entrada e saída de pessoas em prédios públicos.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.