Domingo, 26 de Maio de 2019
Manaus

Violência: familiares de mototaxista assassinado no meio da rua querem Justiça

Homem levou um tiro na testa durante uma emboscada na Colônia Antônio Aleixo



1.jpg
As filhas de João Bosco, angustiadas diante do corpo na rua Nova República
10/07/2015 às 22:46

Uma execução a tiro e o drama das filhas com a perda do chefe da família. A onda de violência no bairro Colônia Antonio Aleixo, Zona Leste, fez ontem (10) mais uma vítima com os parentes e moradores pedindo segurança e Justiça. O mototaxista João Bosco Moreira de Souza, 46, teria sido emboscado para a rua Nova República, onde dois suspeitos em uma motocicleta o abordaram e um deles disparou uma vez.

Moradores estão  assustados. Eram 13h30 quando aconteceu o homicídio e quebrou o silêncio do local.  A tarde ensolarada mantinha as famílias  dentro das residências  até surgir o barulho de um tiro. Todos correram para ver  o que tinha acontecido quando viram o mototaxista no chão. As filhas, desesperadas, choravam sobre o corpo.

O homem, que trabalhava como não legalizado, era conhecido no bairro como ‘Jack Chan’, e segundo pessoas da comunidade,  tinha um bom comportamento e era respeitado. Informações de vizinhos são de que a vítima participava dos cultos evangélicos, mas,  um parente que  preferiu não  se identificar, mencionou que dois homicídios já aconteceram na garupa de Jack Chan.

Nas duas situações o mototaxista foi considerado inocente, pois era apenas condutor  do veículo. O aspirante Fábio Castro, da 28ª Cicom,  disse que o cidadão já tinha sido baleado quando  a polícia foi acionada.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.