Terça-feira, 26 de Outubro de 2021
Tragédia

Vítima de afogamento é encontrada no Porto do São Raimundo

De acordo com o Tenente Galeno do Corpo de Bombeiros, o homem estaria alcoolizado quando decidiu caminhar nas águas do Rio Negro e desapareceu



WhatsApp_Image_2021-09-12_at_17.48.13_F128214C-2281-471A-9653-D8E95AF40847.jpeg Foto: Giovanna Marinho
12/09/2021 às 18:15

Em local proibido para banhistas, mergulhadores do Corpo de Bombeiros encontraram Rodrigo Mendes, 34, vítima de afogamento no Porto do São Raimundo, zona Centro-Sul de Manaus. 

De acordo com o Tenente Galeno do Corpo de Bombeiros, o homem estaria alcoolizado quando decidiu caminhar nas águas do Rio Negro e desapareceu. Abalada, a família não quis falar com reportagem.  



"Ele havia ingerido bebida alcoólica e andou até próximo dos pneus e sumiu", confirmou o tenente. 

O cabo Railton Batista da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), relatou que a Polícia Militar foi acionada por volta das 16 horas. Segundo ele, essa não é a primeira vez que ocorre um afogamento no Porto do São Raimundo, mesmo sendo proibido nadar no local.

“A gente começou às buscas acionados o corpo de bombeiros que acionaram o pelotão de mergulho e tiveram êxito na operação. Infelizmente é mais uma vida que se vai”, lamentou o PM. 

“Aqui é proibido tomar banho. Tem os barcos e balsas e toda vez que um barco desses liga o motor, ele suga o banhista para debaixo do barco. Muitos não sabem disso é acabam acontecendo isso”, alertou.

As buscas duraram aproximadamente uma hora quando os dois mergulhadores encontraram Rodrigo há poucos metros das margens. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.