Publicidade
Manaus
TRAGÉDIA

Mortos em acidente na AM-010 eram parentes de vereador de Itacoatiara

Mãe, irmã e sobrinho do vereador Bosco Rodrigues estavam no táxi que colidiu com um micro-ônibus na AM-010 neste domingo (10). Passageiros do micro-ônibus foram atendidos em hospitais de Rio Preto da Eva e Manaus 10/06/2018 às 20:35 - Atualizado em 10/06/2018 às 20:58
Show whatsapp image 2018 06 10 at 18.14.21
Foto: Divulgação
Vitor Gavirati Manaus (AM)

A mãe, a irmã e um sobrinho do presidente da Câmara Municipal de Itacoatiara, o vereador Bosco Rodrigues (PP), foram as vítimas fatais do acidente envolvendo um táxi da cooperativa Manauara Táxi e um micro-ônibus no KM 102 da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara), em Rio Preto da Eva, na tarde deste domingo (10). A informação foi confirmada pela secretária do parlamentar, Patrícia Matos.

Valdira Rodrigues, de 87 anos, Simonildes Rodrigues, 53, e o taxista Kalilo Bruno Rodrigues Hage, 29, estavam no veículo modelo Cobalt branco, placas PHH-6644, e morreram no local após a colisão frontal com o micro-ônibus onde estavam 29 pessoas. "Eles vinham no sentido Manaus-Itacoatiara e um ônibus foi desviar de algum buraco, e foi contramão, na mão em que eles estavam vindo. Eles entraram debaixo do ônibus", comentou Patrícia.

Mais cedo, o presidente da Manauara Táxi havia revelado à reportagem que Kalilo estava levando Valdira e Simonildes, avó e tia dele, respectivamente, para Itacoatiara. Kalilo era filiado ao PRB em Manaus.

Os corpos das vítimas fatais foram removidos para Manaus pelo Instituto Médico Legal. O vereador Bosco Rodrigues viajou para a capital após o acidente.

Passageiros do micro-ônibus

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que três pessoas que estavam no micrô-onibus foram transferidas para unidades de saúde em Manaus. Para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, foram transferidas as pacientes Kamila do Arani de Alencar, com fratura na perna, e Ruth Oliveira Pinheiro, com suspeita de fratura no quadril. Jacksciane Rodrigues Monteiro foi encaminhada ao HPS João Lúcio para avaliação de neurologista. As três pacientes apresentam quadro estável, de acordo com a Susam. 

Outras 14 pessoas estão em atendimento no Hospital Thomé de Medeiros Raposo, em Rio Preto da Eva. Todos estão estáveis, conscientes, apenas com escoriações leves e alteração de pressão, e deverão receber alta após medicação, segundo a nota.

Publicidade
Publicidade