Publicidade
Manaus
Manaus

Vítimas fatais de acidente na BR-174, universitárias são enterradas na tarde deste domingo (4)

As jovens estavam no veículo, um Mitsubishi Pajero Dakar, que capotou na estrada enquanto voltavam de um balneário no município de Presidente Figueiredo, a 112 Km de Manaus 05/01/2015 às 13:31
Show 1
Raysa Claudino, 21, foi enterrada no cemitério Santa Helena, na Zona Oeste de Manaus
Mariana Lima Manaus (AM)

Familiares e amigos de Raysa Rossi Brito Claudino e Brenda Braga Batista de Sousa, ambas de 21 anos, prestaram as últimas homenagens no fim da tarde deste domingo (4). As estudantes morreram em um acidente na BR-174, na tarde do último sábado (3).

O corpo de Raysa foi enterrado no Cemitério Santa Helena, no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, sob aplausos. A mãe da universitária lembrou do carinho da filha com os amigos: "Hoje ela faria um bolo ou qualquer doce para sair distribuindo entre as irmãs mais novas e amigos. Ela era assim e sei que vocês sentirão saudades dela também".

Durante as homenagens, a mãe de Raysa comentou sobre a dor da perda repentina da filha. "Eu não aceitei e sei que não vai ser fácil aceitar porque minha filha foi tirada de mim de uma forma brusca. Saiu de casa e não voltou, não como eu esperava que voltasse", disse.

Brenda Braga foi enterrada por volta das 16h30, no cemitério Parque Tarumã, também na Zona Oeste. O enterro durou aproximadamente 30 minutos, com demonstrações de tristeza e afeto entre os amigos, familiares e o namorado de Brenda. A mãe da jovem colocou flores brancas em cima do caixão minutos antes de terminar o enterro.

Brenda (dir.) e Raysa (esq.) tinham 21 anos (Reprodução)

As jovens estavam no veículo, um Mitsubishi Pajero Dakar, que capotou na estrada enquanto voltavam de um balneário no município de Presidente Figueiredo, a 112 Km de Manaus. Os corpos das duas vítimas fatais, que vieram a óbito no local, foram conduzidos direto para a sede do Instituto Médico Legal (AM), na Zona Norte da capital.

Demais vítimas

No local do acidente, Leonardo Henrique da Silva Couto, de 25 anos, era o único consciente e recusou encaminhamento até um hospital, pois, segundo a assessoria de imprensa dos bombeiros, quis acompanhar a remoção do corpo de sua namorada, Brenda. Ele está muito abalado e não quis falar com a reportagem.

Três das outras quatro pessoas feridas no acidente - Camila Mendes Lauria, 21 anos; Bruna Lorena Passos Saraiva, 22; e Tiago Fischer, provável motorista - foram conduzidas ao Hospital Pronto-Socorro Dr. Jõao Lúcio, na Zona Leste de Manaus, mas apresentam quadro estável e foram transferidas para o Hospital Unimed. As três receberam alta médica na tarde deste domingo.

Já Uatumã Campos Rocha, de 22 anos, segue internado no João Lúcio. Ele está lúcido mas ficará hospitalizado em observação aguardando a realização de um exame de tomografia.

O laudo pericial do acidente deve ser concluído em até um mês, segundo informou o Instituto de Criminalística do Estado, que periciou o local do incidente ainda na noite deste sábado (3).

Última vítima recebe alta

Uatumã Campos Rocha, 22, que permanecia internado no Hospital Pronto Socorro João Lúcio, recebeu alta no fim da tarde deste domingo (4). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital.

O estudante permaneceu até o fim da tarde aguardando resultados de uma tomografia. Durante a manhã, Uatumã usou o perfil dele em uma rede social para tranquilizar amigos e familiares: "Estou bem", postou, e foi respondido com dezenas de comentários contendo palavras de apoio de colegas.

Entenda o acidente

O carro que trafegava pela rodovia BR-174 capotou para fora da via, batendo em um barranco e caindo em uma vala na altura do KM 55. A filha de Bosco Saraiva (PSDB), ex-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM) e deputado estadual eleito, estava entre os passageiros e chegou a ficar internada por quase 10 horas, em observação, antes de ser liberada. A suspeita é que a estudante apresentava quadro de traumatismo craniano, descartado pelos médicos posteriormente.


Em sua página na rede social Facebook, Bosco Saraiva escreveu: "Quero informar aos meus amigos que minha filha Bruna passa bem. Ela com outros colegas foram vitima de um acidente de transito na BR 174 na tarde deste sábado. Estou profundamente abalado com o q aconteceu com a Raissa e com a Brenda como se fossem a minha própria filha q tivesse partido. Estavam sempre na minha casa. Estudavam juntas. É um momento de muita dor."

O carro, de cor prata e placas OAO-3639, saiu da estrada, bateu em um barranco e caiu em uma vala de 10 metros de altura, aproximadamente. Uma testemunha, que passava de carro pelo local no momento do acidente, especula que o pneu do veículo tenha estourado e isso tenha levado o motorista a perder o controle do automóvel, forçando o acidente.

Publicidade
Publicidade